Discernimento Cristão

"Tudo está errado até que Deus endireite"

Entenda a Filosofia por Trás do Filme Avatar


Avatar é um termo da religião hindu e significa uma manifestação corporal de um ser imortal. Deriva do sânscrito, antigo dialeto hindu, Avatara que significa “descida”, normalmente denotando uma encarnação de Vishnu, deus hindu, (tais como Krishna), que muitos hinduístas reverenciam como divindade. Por extensão, muitos não-hindus usam o termo para denotar as encarnações de divindades em outras religiões.

O filme Avatar, de James Cameron, é um fascinante e arrebatador sucesso nos cinemas. Seus efeitos especiais são tão tremendos que transportam a audiência vividamente para um outro mundo, no qual adorar uma árvore e ter comunhão com espíritos não são apenas aceitáveis, mas atraentes. Avatar é também marcadamente panteísta e essencialmente o evangelho segundo James Cameron. Esse tema panteísta, que iguala Deus às forças e leis do Universo, é apresentado claramente pelos heróis e heroínas do filme: todos adoram Eywa, a deusa “Mãe de Tudo”, que é descrita como “uma rede de energia” que “flui através de todas as coisas viventes”.

Sobretudo, o filme é repleto de mágica ritualística, comunhão com espíritos, xamanismo, e descarada idolatria, de forma que condiciona os espectadores a acreditarem nessas mentiras do ocultismo pagão. Além disso, a platéia é levada a simpatizar com o Avatar e termina torcendo por ele quando é iniciado nos rituais pagãos. No final, até mesmo a cientista-chefe torna-se pagã, proclamando que está “com Eywa, ela é real” e que ficará com Eywa após sua morte.

Enquanto a representação fictícia de James Cameron a respeito da religião da natureza presta-se muito bem à mentira da Nova Era de que as religiões dos nativos americanos [indígenas] eram favoráveis à vida e inofensivas, a representação dos sacerdotes maias em Apocalypto (de Mel Gibson), devedores de divindades sedentas por sangue, que exigiam o sangue de suas vítimas sacrificiais, estava muito mais perto da verdade. A maneira adocicada e romântica com que James Cameron mostra os selvagens e os antigos cultos à natureza em Avatar é oposta aos fatos encontrados em antigos códices e achados arqueológicos: estes revelam que os astecas, os maias e os incas estavam todos envolvidos em sacrifícios humanos em massa, inclusive tomando a vida de criancinhas inocentes para apaziguar seus deuses demoníacos.

James Cameron diretor de Avatar

O que poucos conhecem é o histórico das obras de James Cameron em atacar o cristianismo, e especialmente a ressurreição de Cristo no documentário absolutamente desacreditado “The Lost Tomb of Jesus” [exibido no Brasil como “O Sepulcro Esquecido de Jesus” e lançado em DVD como “O Sepulcro Secreto de Jesus”], não deveria nos surpreender que ele escrevesse e dirigisse uma propaganda  de 300 milhões de dólares para promover o culto à natureza e aos espíritos [filosofia de fé em ascensão nos dias de hoje]

Claramente, Hollywood tem tido uma influência persistente em arrancar os EUA [e o Ocidente] de suas raízes cristãs conservadoras e levá-los a crenças e práticas do ocultismo da Nova Era. O panteísmo atrai a turma de Hollywood porque ensina que todos somos Deus e que não precisamos nos preocupar em sermos obedientes ou em prestarmos conta diante de um Deus pessoal que criou o Universo. Entretanto, não são apenas os diretores [de cinema] que rejeitam a Cristo que estão buscando fazer com que o mundo abrace a adoração à Terra sob a máscara de sua imaginária Deusa-Mãe Terra[Gaya]; é também o próprio líder do movimento do aquecimento global, Al Gore.

Al Gore o crente-guru da nova era

Em seu livro Earth in the Balance, Gore sugere que voltemos à adoração da natureza e eleva várias seitas de adoradores da natureza e religiões dos nativos americanos ao status de modelo para nós. [Al Gore um evangélico batista diz]:

“Essa perspectiva religiosa pan(Pan: palavra de origem grega que significa “tudo, todas as coisas) poderá mostrar-se especialmente importante no que se refere à nossa responsabilidade pela terra como civilização global. (…) As religiões dos nativos americanos, por exemplo, oferecem um rico conjunto de idéias sobre nosso relacionamento com a terra. (…) Todas as coisas estão interligadas como o sangue que nos une a todos”. (Fonte: Al Gore, Earth in the Balance – Ecology and the Human Spirit [A Terra em Equilíbrio – A Ecologia e o Espírito Humano], 1992, p. 258-259).

Buscando uma síntese da Nova Era que combine várias tradições do ocultismo, Gore cita e favorece o ensinamento hinduísta, dizendo: “A Terra é nossa mãe, e nós todos somos seus filhos”.( Ibid. pag. 161). Incrivelmente, mais adiante Gore afirma que deveríamos buscar novas revelações a partir dessa adoração da deusa do passado e culpa o cristianismo pela quase total eliminação da mesma:

“O sentido espiritual de nosso lugar na natureza… pode ser traçado de volta às origens da civilização humana. Um crescente número de antropólogos e de arqueomitólogos… argumenta que a ideologia da crença prevalecente na Europa pré-histórica e em grande parte do mundo estava baseada na adoração de uma única deusa da terra, que se supunha ser a fonte de toda a vida e irradiadora de harmonia em meio a todas as coisas viventes. (…) O último vestígio de culto organizado à deusa foi eliminado pelo cristianismo. (…) Parece óbvio que um melhor entendimento de uma herança religiosa que precede a nossa própria por tantos milhares de anos poderia nos oferecer novas revelações”.(Ibid. pag. 260).

Não são apenas os diretores [de cinema] que rejeitam a Cristo que estão buscando fazer com que o mundo abrace a adoração à terra sob a máscara de sua imaginária deusa-mãe terra; É também o próprio líder do movimento do aquecimento global, Al Gore [ex-vice-presidente dos EUA].

Gore prossegue declarando que precisamos encontrar uma nova religião baseada na natureza e cita Teilhard de Chardin, o teólogo da Nova Era, em apoio à “nova fé” do futuro:

“Esse ponto foi sustentado pelo teólogo católico Teilhard de Chardin, quando ele disse: “O destino da humanidade, assim como o da religião, depende do surgimento de uma nova fé no futuro”. Munidos de tal fé, poderemos achar possível ressantificar a terra”.(Ibid. pag. 263).

Com os diretores de vanguarda de Hollywood e as figuras políticas de Washington na liderança, os EUA [e o Ocidente] estão rapidamente voltando ao paganismo que envolveu o mundo em trevas espirituais durante milênios. Que Deus nos ajude a prestar mais atenção à admoestação do apóstolo Paulo, encontrada nas Sagradas Escrituras. Ele nos ensinou que a adoração à natureza nos tempos da Antigüidade era resultado do afastamento da adoração ao único e verdadeiro Deus que, para começar, foi quem criou a natureza:

“Porquanto, tendo conhecido a Deus, não o glorificaram como Deus, nem lhe deram graças, antes em seus discursos se desvaneceram, e o seu coração insensato se obscureceu. Dizendo-se sábios, tornaram-se loucos. E mudaram a glória do Deus incorruptível em semelhança da imagem de homem corruptível, e de aves, e de quadrúpedes, e de répteis. Por isso também Deus os entregou às concupiscências de seus corações, à imundícia, para desonrarem seus corpos entre si; pois mudaram a verdade de Deus em mentira, e honraram e serviram mais a criatura do que o Criador, que é bendito eternamente. Amém” (Rm 1.21-25)

Fonte: Pequena adaptação de Roberto Aguiar do texto, “ Avatar e a Vindoura Religião Única”, de Joe Schimmel. Publicado anteriormente na revista Chamada da Meia-Noite.   www.chamada.com.br

Joe Schimmel é um apologista da
fé cristã e preside o ministério “Bom Combate”. Ele também é pastor sênior da Blessed Hope Chapel em Simi Valley Califórnia.

www.goodfight.org

Anúncios

103 comentários em “Entenda a Filosofia por Trás do Filme Avatar

  1. Eduardo
    07/04/2010

    Os cristãos podem assistir filmes como o AVATAR e continuar em comunhão com Deus, mesmo conhecendo o seu significado real ?

    Curtir

  2. Joares Ouriques
    07/04/2010

    Bom dia

    É interessante que você compara a filosofia de vida em Avatar com os maias e astecas, pois se você realmente conhecesse um pouco de religião, saberia que são pontos de vista totalmente diferentes. E se você defende tanto o cristianismo saberia que na biblia exixtem vários relatos de genocídios feitos em nome de Jeová. isso não desclalifica o cristianismo, assim com não desclalifica qualquer religião, pois em toda religião sempre existem os fanáticos mal informados, assim como percebo que você é.

    Curtir

  3. Roberto Aguiar
    07/04/2010

    Claro Eduardo!

    Curtir

  4. Gabriel(Questionador)
    26/04/2010

    Eduardo–> Interessante a pergunta dele…e é surpreendente a resposta de
    Roberto Aguiar, se vocês se intitulam tão cristãos a ponto de criticar o filme AVATAR e pejorativamente taxar de SELVAGENS adorando DEUSES PAGÃOS porque assistem então? concerteza todos os ditos “cristãos” que viram esses filmes com as suas namoradinhas no escuribnho do cinema, ao final da sessão ficaram perplexos com a qualidade do filme:”Nossa que filme bom, eu gostei muito e BLÁ,BLÁ,BLÁ” E DEPOIS nas células, nos grupos cristãos, vocês começaram a questionar o filme. Realmente não passam de fanáticos desinformados e hipócritas.

    Curtir

  5. Gabriel(Questionador)
    26/04/2010

    Você que escreveu o post realmente não conhece muito de cultura geral, se você compreendesse os princípios dos quais James Cameron utilizou para criar a filosofia de AVATAR iria compreender que o filme na verdade passa uma mensagem baseada nas ações mínimas e nas mudanças mais profundas que essas mesmas ações podem causar. Porém não denigrem o cristianismo porque não há relação, são pontos de vista independentes, ele se baseia na filosofia oriental e vejo que você compara com maias e astecas taxando-os de “pagãos incautos com seus deuses demoníacos” você mistura confunde como todo fanático religioso faz.

    Curtir

  6. Gabriel(Questionador)
    26/04/2010

    AFF… e por último, até parece que no cristianismo nunca ocorreu sangue, pessoas matando em nome de Deus, você não conhece a história? um exemplo são os tribunais do santo ofício e as cruzadas?? na própria bíblia há relatos disso..aff toda criação humana é válida, o filme avatar é muito bom, filosófico e assisti e recomendo!!

    Curtir

  7. Gabriel(esplicando o erro)
    26/04/2010

    “a própria bíblia há relatos disso” —>me referi ao evento de como a pessoas matam em nome de Deus e não nas cruzadas e nos tribunais do santo ofício porque isso aconteceu em épocas diferentes, mais aconteceram.

    (Antes que um espertinho diga que eu errei e não fui claro!”

    Curtir

  8. Batera
    29/04/2010

    Ao meu “amigo” Joares Ouriques gostaria de dizer que NIGUÉM sabe o nome de Deus como vc insinuou GENOCÍDIOS EM NOME DE “JEOVÁ”.
    S vc Joares Ouriques estudasse um pouco mais a cultura dos povos A.C saberia que os judeus reverenciam a “figura” de Deus pronunciando seu “NOME” com a seguinte frase: ***O NOME***.Então não venha querer distorcer a palavra de Deus dizendo que existiam isso ou aquilo que subliminarmente vc coloca como ato praticado pelos maias e astecas em nome de “JEOVÁ” é bem certo que são nomes utilizados na bíblia para fazer menção ao VERDADEIRO DEUS como por exemplo: Deus de guerra,General,Pai etc.

    E ao GABRIEL vc não sabe de nada cara cala a sua boca e vai se informar um pouco a respeito do que vc fala sobre a bíblia e ou “culturas” dos povos da antiguidade. Se houve sacrifícios em nome de “deus” concerteza foram povos pagãos e idolatras bando de confusos achgando que estavam corretos em sua pequena mente falha.

    Curtir

  9. MariaH
    30/04/2010

    Confesso que antes de assistir ao filme não via nada de mais,apesar de o nome AVATAR. Acabei de ver o filme e realmente os efeitos são muito legais…
    Mas não consegui assistir ele todo,porque fiquei chocada!!!
    O filme é diabólico,e só consegue perceber isso quem prestar atenção nos detalhes!
    Mas cada um tem seu ponto de vista e DEUS continua sendo o ser mais poderoso e misericordioso do universo,com filme ou sem filme,vc acreditando ou não…Que ele abençoe a todos nós!!

    Curtir

  10. MariaH
    30/04/2010

    E Gabriel,cada um tem o direito de ter o seu ponto de vista mas pensa um pouco antes de falar mal da religião dos outros…

    Curtir

  11. Marina
    12/05/2010

    Primeiramente, não vi o Gabriel falar ‘mal’ da religião de ninguém… só tenho uma pergunta a fazer a tds… não sou nenhuma anti-cristo, mas discordo do pensamento exagerado e fanático…. vcs desacreditam da ciencia, desacreditam da religiao alheia, acham que lennon fez pacto com o diabo e tudo isso baseado em teorias, então por que não desacreditam de Deus? Ja que tudo que está na Bíblia também está lá sem ninguém ter certeza de que aquilo realmente aconteceu, a não ser por sua própria fé? Então, por que não deixar que cada um acredite no que quiser de acordo com sua fé, faça pacto com quem quiser de acordo com sua fé, vez que não incomodem ninguém e nem façam nenhum mal a ninguém? A citar o próprio John Lennon, que se prejudicou alguém com seu pacto foi a si mesmo!! E tanta gente que vive por Deus numa fé cega, como verdade absoluta e também morre por isso!!!

    Curtir

  12. pamela
    16/05/2010

    quem conhece a Deus , assistiria a esse filme!

    Curtir

  13. pamela
    16/05/2010

    quem conhece a Deus , nâo assistiria a esse filme!

    Curtir

  14. Roberto Aguiar
    16/05/2010

    Claro que sim! Uma coisa não tem haver com outra.

    Curtir

  15. Gilberto
    23/05/2010

    Não podemos ser tão fanaticos o filme é muito interessante e podemos tirar varias lições para nossas vidas cristãs como uma comunhão plena dos crentes nesses ultimos tempos, nos voltarmos para Deus com toda intensidade em adoração em sacrificio vivo e Sto. pela causa do evangelho por aquilo que acreditamos da salvação por meio da fé em Cristo Jesus, devemos interpretar o filme não do jeito que o autor quer que interpretemos o filme mas sim deichar o Espírito Santo no enssinar atravez até mesmo de um filme desse tipo.

    Curtir

  16. Roberto Aguiar
    23/05/2010

    Nobre Gilberto, o filme é muito bem feito e seu enredo extremamente criativo e jamais foi pecado assisti-lo. Entretanto desde de quando se inteirar do conteúdo das coisas é prova de fanatismo? Muito pelo contrário, é um sinal de visão crítica. Por outro lado, levar tudo pro lado comum, tratando tudo como normal como a sociedade faz é sinal de tolice. É nosso dever como crentes compreender o que nos cerca e o que nos influência, sem alarde ou exageros.

    Curtir

  17. Gilberto
    23/05/2010

    Então é isso que eu quero dizer interpretar o filme em uma visão crítica é algo louvavel mais muito mais louvavel é tirarmos lições Espírituais de tudo que nos cerca e passarmos para pessoas ponto de vistas que possam edificalas para uma fé não na natureza mas sim naquele que é o criador de todas as coisas que estava no principio com Deus e que sem ele nada foi criado.Amém!
    Deus abençõe a todos e continue nos dano sabedoria e discernimento para não sermos levados por ventos de doutrinas e nem deicharmos nos influenciar por qualquer outra coisa que não seja sua palavra simples como a água.

    Curtir

  18. Emerson
    24/05/2010

    Já assisti o filme duas vezes. Posso dizer que ele passa um encantamento muito grande e consegue gravar no nosso íntimo sua mensagem. Muitos dirão que não tem nenhum problema. Que a intenção do filme é boa. Porém, devemos analisar:
    1º É uma fantasia. Não mostra os problemas e dilemas pelos quais poderiam passar o povo Na-Vi.
    2º Abusa de cores e imagens. Nosso cérebro, neste caso, vira uma porta escancarada para o conteúdo mostrado. É muita informação para ser processada de maneira natural. Que contradição: o filme fala de natureza mas vai contra a nossa.
    3º Realmente o filme passa a mensagem de paganismo. Independente da religião de cada um, concordo que “adorar” um planeta (ou aceitar essa idéia) não é correto.
    Sabemos que planetas são organismos vivos. E isso sim é importante: respeitar sua natureza, sua maneira de ser. Neste ponto, o filme passa uma mesnagem boa, mas não justifica idolatrar o planeta.
    Sou evangélico e procuro aqui colocar uma opinião sem ser “fanático”. Sou cheio de falhas, como todos são. Ser evangélico é querer viver seguindo os ensinamentos de Cristo. E Ele mesmo disse que saber é diferente de fazer.
    A Paz de Deus para todos!

    Curtir

  19. gostaria de obter fotos dos animais que eles voar que parencem ums dinossauro voardo

    Curtir

  20. Amarildo
    03/06/2010

    Em tudo na vida podemos tirar boas lições; sejam em coisas pagãs ou cristãs ou até mesmo de quem é ateu. O homem molda tudo segundo as seus anceios, e sendo ele perfeito e imperfeito cabe a cada ser ponderar segundo seu livre arbítrio. Precisamos alcançar nossa autonomia de pensamento crítico e não aceitar tudo como um axioma.

    Curtir

  21. Marco Reis
    07/06/2010

    “Não tratem com desprezo as profecias, mas ponham a prova todas as coisas e fiquem com o que é bom” 1 Tessalonicenses 5.20-21
    Para os cristãos de plantão!
    Já como o espaço, entendo eu, é para a crítica do artigo e não sobre a ‘crítica da crítica’, penso que a noção ecológica do filme é bárbara! Já que até a natureza “geme e eespera” pela volta e restauração em Cristo, minha ótica do filme foi dentro dessa perspectiva. Sem contar que dizer que estamos ligados em ‘rede’ com toda a Criação, não é ser anti cristão, mas sim afirmar a Soberania criadora de Deus: que criou tudo através de sua Palavra. Esta é a conexão? Será que não?
    E mais! Cameron, apesar de sua religiosidade ou filosofia, tendo dado um tiro no escuro com a produção de “O túmulo secreto de Jesus”, que foi alvo de sérios debates entre teólogos famosos e de peso internacional, não parece querer aniquilar ou desfilosofar o mundo cristão. Mas a idéia de que podemos nos sentar atrás de uma máquina e virtualmente passarmos a ter corpos diferentes, mas que reajam de acordo com nossa razão, não é uma filosofia de reencarnação ou até mesmo espiritual, mas sim a idéia de que experimentaremos logo mais a possibilidade de sensações no mundo virtual: o Wii já proporciona isso a muitos adolescentes!
    Reter o que é bom. Segui a orientação paulínea.

    Curtir

  22. Roberto
    08/07/2010

    Quem liga para o futuro??? dane-se a terra dane-se o futuro daqui a 70, 80 anos não estarei aqui mesmo nem meus filhos pois os mesmos nunca vão existir kkkkkk foda-se o planeta eu quero é um carro com 500 cavalos de potencia pra mim torrar muita gasolina e soltar muita fumaça preta por ai kkkkk viva as queimadas viva a matança de animais kkkkk viva a poluição dos rios e lagos kkkk viva a poluição do ar…..kkkk eu quero é poluir cada vez mais e niguem vai me impedir!

    Curtir

  23. Paulo
    09/08/2010

    Existe uma tremenda diferença entre assistir e consentir. O mesmo Paulo que foi citado no comentário foi o que disse: “Examinai tudo e retende o que é bom”. Não acredito em religião nenhuma, muito menos que qualquer uma delas possa religar pessoas a Deus, ao Único e Verdadeiro Deus. O Homem se religa (por assim dizer) a Deus por meio de sua fé na pessoa de Jesus Cristo. E existem inumeros ensinamentos sendo passados neste e em outros filmes e até músicas criticados por evangélicos que refletem perfeitamente os ensinamentos de Cristo. Acredito que todos devemos ter bom senso. O Espírito nos guia, o que não for conveniente a Cristo, Ele não permitira infitrar em nossos corações, desde que retenhamos firme a fé e a confissão na Palavra de Deus. Por isto é que se diz que discerniríamos tudo e por ninguém seríamos discernidos. Por exemplo, quando vejo neste filme um homem rude e insensível aprendendo a respeitar os recursos que Deus nos deu e a respeitar outras pessoas independentemente a sua espécie, reça ou credo, sei que isto é bom e agrada a Deus e é o que muitos evangélicos não vivem no dia-a-dia. Quando vejo um homem neste mesmo filme reverenciando uma árvore ou qualquer outra criação de Deus, vejo exatamente o que a Deus não agrada e me proponho a não fazer e é o que a maioria dos evangélicos vivem; adoram cantores, pregadores, rosas, amuletos, anjos e etc. Acredito que se uma pessoa estiver em comunhão verdadeira com o Senhor e tiver conhecimento legítimo das Escrituras não será levada por nenhuma informação encarando-a como uma nova doutrina e também entenderá o que quero dizer com isto tudo.

    Espero não ter sido ofensivo, embora tenha usado exemplos polêmicos.

    Abraço.

    Curtir

  24. Junivaldo
    04/09/2010

    Quem é esse sofista alucinado (autor)? O pantiteísmo e o panteísmo fazem sentido quando acreditamos que Deus é onipresente. Se Deus é onipresente, e se um indígena acredita que deus está no Sol, de certa forma ele também está certo. E outra, generalizar as religiões desses povos é não entender a multiplicidade cultural e religiosa de cada etnia. Alguns poderiam sim praticar a antropofagia, enquanto outros praticavam ritos mais aceitáveis para nós, que nos julgamos tão civilizados e esquecemos que já em nome da religião guerras foram declaradas, cabeças foram cortadas, pessoas foram queimadas… Enfim, é preciso que respeitemos a religião de cada um, pois abençoada seja a visão de quem quer ver com olhos livres! Sem puritanismos!

    Curtir

  25. Anna Paula
    29/09/2010

    Concordo totalmente. O filme coloca a criatura e o criador em um mesmo patamar, numa igualdade totalmente unificada. Então, a “salvação” dos Na’vis é um estado de consciência iluminado onde a pessoa descobre que é um com todas as coisas (monismo). Dando esse primeiro passo, a pessoa também descobre que ela é um com Deus e que pode participar desta vida divina sem a necessidade de um mediador entre Deus e ela. Pois, todas as coisas são divinas (panteísmo) e não há razão para aceitar a obra redentora de Jesus Cristo.
    Já do ponto de vista cristão, existe uma total separação entre o Deus puro e Suas criaturas impuras. O pecado separou as pessoas de Deus e o acesso do indivíduo a essa reconciliação com o Deus Pai só acontece quando ele é lavado pelo sangue redentor de Jesus Cristo (o nosso Mediador).
    Nós cristãos não somos fanáticos de forma alguma, nós cremos em Deus, e vivemos a conforme a escrituras sagradas nos orienta. Sabemos que existe o bem e o mal, e pecamos como qualquer outro. Deus respeita a nossa Humanidade e por isso nos enviou o Mediador que é Jesus Cristo e o Consolador que é o Espírito Santo de Deus. E através da nossa fé e do nosso arrependimento em verdade e Espírito Ele nos perdoa, pq conhece o nosso coração. E nós devemos buscar a Santidade de Deus, mas nunca acharmos que somos ou algum dia poderemos ser iguais a Ele. Se vcs conhecem a Bíblia sabem muito bem pq Deus expulsou Lucifer (Satanás) do céu, pq ele queria ser igual a Deus, e não existe Ele é o Majestoso, Poderoso, Misericordioso, Grandioso, Santo, Onipotente, Onipresente, Oniciente. Deus é tudo. E nós somos apenas terra, barro, e sem Deus não somos nada.

    Curtir

  26. Gerardo
    08/10/2010

    Estou impressionado como alguém pode sair atacando a Nova Era e demais religiões que não a sua, baseado em suposições preconceituosas. O autor desse artigo esqueceu-se de contextualizar, ou seja, esqueceu-se de colocar os fatos num momento temporal e geografico. E ainda se acha sabedor suficiente do que vai na mente de diretores e autores de Hollywood. Me responda uma coisa…você é Deus?

    Curtir

  27. Nalin
    22/10/2010

    Nossa,
    É vendo coisas deste gênero que a certeza de que o mundo está repleto de ignorantes mais me convém. Seria muito mais sensato que o autor deste artigo e dos autores de certos comentários, tivessem o mínimo de razão, conhecessem de fato os próprios ideais da religião que defendem e não faltassem nas aulas de história, ou no mínimo tivessem bases razoáveis para as dissertações.
    Primeiro de tudo, seria muito útil e interessante se antes de citarem culturas antigas tais como os maias e os incas, tivessem o mínimo de sabedoria sobre estas, para não dizer essas bobagens e característcas fundadas na própria imaginação.
    Se são tão cristãos como se mostram, saberiam que segundo os próprios ideais do Cristianismo, contradizem seus argumentos, já que Deus nos fez sua imagem e semelhança, com um sopro divino nos deu a vida. Então se somos a semelhança de Deus, como podemos estar completamente sem Ele? Se isso fosse verdade, o amor verdadeiro, por exemplo, o amor ágape, não existe. Já que este tipo de amor provém de uma única fonte.
    O que quero esclarecer, é que todos nós temos um espírito, onde podemos encontrar Deus dentro de nós mesmos, isto é o que o verdadeiro Cristianismo nos ensina, que todos podemos encontrar Deus em nosso interior. Para aqueles que acreditam na divisão do mundo, é entristecedor saber que muito provavelmente jamais atingirão a iluminação e terão a Verdade. Já que Tudo está ligado, pois tudo é parte de um TODO, TUDO é obra de Deus. Se você não se importa com as plantas, por exemplo, o mundo inteiro sofre com isso. A vida é uma só, forma um único equilíbrio… E com pensamentos deste gênero apresentado por muitos acima, é que o mundo está se degradando e os valores se perdendo. E para quem se pergunta “Mas se Deus é bom, por que criou a raiva, doença, sofrimento…” Saibam que isto não é criação Dele, mas sim, FALTA da criação Dele.
    Se prestarem atenção no Cristianismo, Jesus Cristo, É DEUS! em forma humana, e por que outra razão Ele, o Todo Poderoso se humilharia vindo até nós? Para nos ensinar apenas uma coisa: amar ao próximo como Ele nos ama. E sair por aí criticando com tamanha pré-potência e julgando, sinto muito mas estão em completa contradição. Afinal, se é um verdadeiro seguidor da tua religião, saberia que na própria base dos teus ensinamentos, a bíblia, diz “Não julgais, pois todo aquele que julga comete o mesmo”.
    Outra coisa, se és tão fanático e defensor, deveria saber mais sobre tua própria história…
    Se conhece de fato o cristianismo, saberia que mais da metade dos rituais realizados em nossa religião, afinal também sou Cristão, são adaptações dos antigos pagãos. Autoridades históricas demonstram que durante os três primeiros séculos da nossa era, os cristãos não celebravam o natal, por exemplo. Esta festa só começou a ser introduzida após a formação daquele sistema, hoje conhecido como Igreja Romana, no século IV. A data vinte e cinco de dezembro só foi introduzida ao Cristianismo para tornar melhor a adaptação da conversão dos pagãos, os Egípcios que comemoravam neste mesmo dia adoração ao deus sol, filho de ísis. A cruz não era símbolo cristão, era egípcio e simbolizava ressurreição, vida após a morte. Para outros povos, simbolizava o sofrimento, de onde vem o nome “crux”. Nos primórdios do Cristianismo, sacrifícios animais eram feitos em nome de Deus… enfim, a maior parte dos costumes Cristãos é na realidade um conjunto de inúmeras culturas diferentes.

    O que quero que entendam, é que não podem julgar tão afinco diferentes culturas, pois o Cristianismo como ele é, tem bases em outras culturas. Tudo para não tornar tão radical a conversão dos povos.

    O autor deste artigo, acusa e deprava tanto os povos antigos pelos massacres e sacrifícios, mas se esquece que a nossa religião cometeu o mesmo. A Igreja já se redimiu, mas ficará gravado para sempre a Idade Média, com o Teocentrismo desqualificado, onde os homens tomavam por si a decisão de Deus. Uma só palavra diz muito: Inquisição. Ou Santo Ofício, esquecem-se de que nossos antepassados, cometeram crimes e atos completamente opostos a vontade de Deus? Se cometemos o mesmo erro no passado, o que nos dá o direito de olhar os erros e/ou costumes dos outros povos? E critica-los?
    Sem contar que não há conexão alguma a história do filme com qualquer tipo de religião, é algo totalmente independente. Fictício. Muito embora Cameron não seja qualificado “visionário” sem razão. Os princípios sinápticos e condução nervosa para qualquer organismo vivo, é altamente relevante… mas isto é outro assunto.
    Agora, se você pudesse aguçar mais sua mente fechada, poderia entender a verdadeira mensagem do filme. Fica claro, que o que eles idolatram não são os animais nem plantas. Eles simplesmente são gratos e respeitam a vida. Toda forma de vida. Afinal toda forma de vida é Sagrada. Como é tanto dito “Deus é o caminho, a Verdade e a Vida”
    Podemos encontrar Deus, seu amor por suas criações em todo tipo de vida. Se você estudasse um pouco de anatomia e conseguisse entender a perfeição que é o nosso corpo, como há resposta fisiológica, como os mecanismos são tão engrenados, veria que a vida e que o ser humano não são desprezíveis. Pois Deus, como é ensinado, criou, nos ama e habita os corações dos puros. E sua ordem e pedido ao nos criar foi somente esta “crescei-vos e multiplicai-vos”. Entende-se por “crescei-vos” não somente referência ao seu tamanho obviamente, mas em seu coração, alma e mente. Que por sinal o último item encontra-se inerte…

    Infelizmente Lutero, cometeu um grande erro, com a divisão religiosa. Ele quis que as pessoas encarassem a bíblia de forma literal, e cumprisse literalmente o que tudo estava escrito. Obviamente, para qualquer texto, o mais importante é o contexto. A bíblia é repleta de mensagens transcritas em outras palavras. O que nos traz muitos problemas, dúvidas e fundamentos errôneos.

    Sobre o filme, com qual intenção você acha que James fez o filme?! Você não acha que ele fez com o propósito de converter os cristãos ao paganismo, ou a adorarem a árvore sagrada, não é? ou o planeta?
    Por favor, espero que não sejam tolos a este ponto. Ao invés de perder seu tempo criticando absurdamente, poderia estar estudando. Principalmente as próprias Sagradas Escrituras. Prática evidentemente em falta em sua vida.

    Enfim, espero que tenha esclarecido alguns pontos, no mínimo a sugestão de aprender mais antes de criares artigos ou comentários tão mal formulados e infundados.
    E só mais um conselho, por favor, não depreciem a nossa língua com erros gramáticos absurdos, o primeiro passo para um bom argumento é sua boa escrita, assim deixam de produzir objetos tão abstrusos.

    Só um adendo, muito bom comentário formulado por Junivaldo. Parabéns.

    Curtir

  28. marli
    27/10/2010

    Concordo com vc Nalin, a única pessoa que me parece sensato em meio a esse debate, que poderia ser inútil (se não houvesse pessoas como vcs envolvidas), é o Junivaldo. O resto me parece hipocrisia e correr atrás do vento.

    Curtir

  29. silas
    29/10/2010

    Nalin e esse Junival, vcs não passam de uns ateus, tentando distorcer o nosso amigo Marcio reis por exemplo acima. Junival quer convencer com alguns bons argumento mas por forças contrárias que quer ser mais forte que a nossa. Avatar é perigosos para a comunidade evangélica sim. Vc Nalin é mais detalhista, mas tb não chega a lugar nenhum.

    Curtir

  30. Gustavo
    04/11/2010

    Irmãos, sou cristão fanatico sim!!!! e como minha irmã disse sou capaz de morrer por isso! venho les dizer que o filme avatar apresenta sim uma idealogia pagã, com tudo creio que o objetivo do filme não é de maneira nenhuma apresentar uma filosofia “libertadora”, mas sim derrubar o cristianismo.
    Digo isso aos meus irmãos cristãos fanáticos (pois cristão que é cristão, não é cristão pela metade) que tentaram defender a nossa fé, a vocês, gostariam que refletissem um pouco da frase do grande apostolo Paulo:
    “muitas vezes faço o mal que não gosto, e acabo não realizando o bem que eu queria…” a paz inquieta de nosso senhor JESUS CRISTO!

    Mas a todos os meus irmãos que infelizmente agrediram a minha fé, peço que desculpem os meus irmãos cristãos pelas as palavras que não foram bem exemplificadas ou que de algum modo os ofederam, pois eles queriam tirar essa heresia de suas cabeças.
    Quero deixar claro que há uma conspiração mundial de unificar os governos, mas como as pessoas em sua maioria se dizem cristãs, são enrraizadas em principios que são contra algumas propostas de governo deles (os conspiradores) como por exemplo o aborto, a eutanasia, a masturbação, a camisinha e ai vai…Por isso o “principe deste mundo” criou uma religião chamada “nova era” que pega principios de várias religiões, inclusive o cristianismo(mas apenas os que convem ao seu dominio) para que as pessoas pensem que não estão indo contra suas crenças. esse filme apesar de ser anti-cristão é sim uma obra cinematográfica muito boa e faz parte sim dessa conspiração.

    Um ótimo exemplo disso é essa discussão na qual fazemos parte onde tem um ato demoniaco (que significa divisão) entre cristãos e não cristãos.

    todos vocês estão em minha oração, peço o mesmo para vocês!:D
    Que DEUS abençoe a todos nós!

    Curtir

  31. Nalin
    10/11/2010

    Silas,
    Além de possuir explicitamente uma mente fechada e bastante limitada, está claro que não presta atenção também.
    Eu não sou ateu, mas sim Cristão, conforme já mencionei. Portanto, peço gentilmente que antes de me julgar ou definir com pré-potência, justificada apenas pelo seu espírito obviamente competitivo, atenha-se mais a realidade e ao silêncio, o que demonstra, mais uma vez que o mundo está repleto de pessoas ditas Cristãs, apenas como rótulo, ou princípios superficiais e somente nos momentos de culto. O verdadeiro Cristão, Um Homem Bom, possui como modo de vida, tem suas atitudes todas voltadas para os ensinamentos de justiça, bondade, respeito e sabedoria. Portanto, você mesmo denuncia que não és verdadeiro e Cristão por completo, se fosse praticaria o ensinamento de Provérbios, capítulo 14 “O homem ajuizado não se apressa em dar sua opinião mas o tolo fala sem pensar e por isso tem muitos problemas e tristezas.”

    O verdadeiro cristão deve possuír caráter íntegro, bondade em seu coração e ter a personalidade retida e talhada na virtude.

    Aos Cristãos não tão esclarecidos, ou que talvez não tenham me compreendido afinco.
    O que quero dizer, é que não há, evidentemente, nenhuma religião difundida no filme.
    A temática apenas, é a conexão e o amor do povo “Navi” com a natureza.
    Segundo a própria bíblia temos: Romanos 1:20 “Pois os seus atributos invisíveis, o seu eterno poder e divindade, são claramente vistos desde a criação do mundo, sendo percebidos mediante as coisas criadas, de modo que eles são inescusáveis.”
    Para esclarecer e simplificar, o poder e o amor de Deus pode ser percebido e visto em tudo que Ele criou.
    Desta maneira, pergunto-lhes de que maneira o amor do povo cinematográfico pela natureza pretende exatamente “derrubar o cristianismo” como exclamado em certo comentário? Na verdade independentemente da intenção de Cameron, que só poderá ser certa apenas por ele, e por ninguém mais, ouso dizer que aquele povo pode estar muito mais próximo de ser um cristão do que muitos que se fazem superficialmente. Eles conseguem encontrar o amor, eles possuem profundo respeito pelo seu lar, pela natureza e por tudo que é vivo. Eles se ajudam e são unidos. Sacrificam suas vidas, um pelo outro. Estão conectados com todas as formas de vida da lua de forma fictícia habitada.

    É necessário deixar tamanha pré-potência e o orgulho de lado, parar de defender e atacar causas pouco plausíveis e funestas, como um simples filme.
    Se de fato, estão dispostos a serem verdadeiro cristãos, comecem em suas casas.
    Deixando de desrespeitar seus pais, pois eles são teus ancestrais e geradores, só por este fato devemos honrá-los por toda nossa vida.
    Deixando de omitir a verdade ou distorcer a realidade com mentiras.
    Despojando-se do egoísmo, do orgulho e na próxima discussão com tua esposa, pedir perdão à ela, mesmo você crendo que estava certo. Decidir e escolher amá-la e honrá-la todos os dias de sua vida, mesmo que ela não o ame mais.
    Passar na frente de um sujeito largado a sarjeta pedindo esmolas, parar, levantá-lo e dar alimento e esperança à ele, não passar batido, como se ele fosse o inseto mais desprezível a sua volta.
    Não xingar nem ofender o motorista de um carro, por ter simplesmente cometido um erro no trânsito.
    Ter total controle sobre tua raiva e teus sentimentos.
    Honrar e ajudar a todos os idosos e doentes, como se eles fossem reis.
    Portar-se de maneira discreta e humana.
    Proteger o meio ambiente, pois este é o lar que Deus criou para a humanidade, e nós a depravamos e destruímos pensando que o que temos é nosso. Não é assim que um filho cuida de um presente recebido por teu pai.
    Tratar os animais com carinho e afeto, pois ele são criaturas de Deus.
    Não tirar em hipótese alguma nenhuma forma de vida, desde a menor das formigas até o maior dos mamíferos, pois a vida, é uma dádiva divina, e em momento algum Deus nos concedeu o direito de tomá-la de um ser. O que Deus cria para ser vivo, apenas ele tem o direito de tomar a vida.
    Ser um homem de verdade, justo e correto, não é apenas ir elegante ao culto, reunião, etc. adorar à Deus e partilhar de profunda amizade com as pessoas a sua volta. Mas é portar-se assim em todos os momentos de sua vida.
    Ser um homem cristão honesto, é não ter ambição para ganhar mais no teu emprego, é não se irritar com tuas filhas mesmo que esteja a beira do cansaço.
    Mas sim, ser educado com todos e sempre, tratar tua esposa melhor do que tua vida. Pois o verdadeiro cristão tem amor. Não esta simples palavra, que todos conhecem mas poucos sentem…
    É você amar e escolher amar todos os dias de sua vida, todas as pessoas a sua volta. Estar disposto a dar sua vida, por cada uma delas. É esquecer completamente de tuas necessidades, da tua vaidade, e dedicar-se inteiramente ao próximo.
    É ser carinhoso e bondoso com sua mulher e seus filhos.
    Acolher todos que lhe pedem ajuda.
    É parar alguns minutos do seu dia, olhar pela janela o mundo em que vive e conseguir perceber o quanto o nosso mundo é belo e perfeito. Como Deus é grandioso e poderoso, é olhar para suas mãos e ver a perfeição de Deus ao criar suas células, o sistema fisiológico do seu organismo, é ver como as plantas são capazes de crescer a partir apenas de água, substrato e luz. Perceber a grandiosidade e o mistério que é a vida…
    é adorar todo tipo de vida, é reconhecer que toda forma de vida é sagrada. Independente de sua forma. Perceber Deus em tudo que é vivo.
    É ter respeito por tudo a sua volta, pelo seu corpo e pelo corpo do próximo.
    É não cobiçar cada mulher bonita que passa a sua frente, é ser digno de confiança de todas pessoas que o cercam.
    É dizer sempre a verdade, mesmo que ela cause a própria morte.
    É ser humilde em reconhecer seus erros, assumi-los e pedir perdão. E esforçar-se para não cometê-lo novamente.
    É ser verdadeiro, justo e correto em tudo que faz. Buscando sempre completar e melhorar o seu amigo. É não se vangloriar de seus feitos, mas incentivar o seu irmão a conquistar a vitória em sua vida. É compartilhar de sua sabedoria, e aceitar como ensinamento os conselhos dos sábios. Dar o que você tem e não lhe fará falta à uma pessoa que necessite mais do que você.
    Antes de tudo, seguir o primeiro mandamento enviado pelo próprio Deus a nós: “Amar a Deus sobre todas as coisas”
    Para amá-lo, é preciso respeitá-lo. Não há amor sem respeito. E posso afirmar que são poucos os que realmente respeitam Deus integralmente. Pois machucar um animal, é desrespeitá-lo, partir o coração de uma pessoa por ira, é desrespeitá-lo.
    Quantas pessoas pedem tudo que PENSAM precisar para Deus e quando não recebem, logo perdem sua fé?
    O que elas não sabem… é que elas NÃO sabem o que realmente precisam.
    Deus nos dá vida, nos dá escolha e nos ensina a crescer. Por exemplo, se uma pessoa reza todos os seus dias pedindo à Deus que Ele lhe dê coragem, você acredita que ele simplesmente lhe dará coragem, ou lhe dará a oportunidade de ser corajoso?
    Pelo mesmo príncipio, suponho que Deus não nos dê tudo que queremos mas Ele nos dá tudo que precisamos para conseguir o que queremos. Pensando assim, ouso perguntar, como um simples filme, supondo que todas alegações ofensivas à este filme por exemplo, seria capaz de colocar em risco a fé de credores em Deus, que se dizem tão fervorosos, diante de TUDO isso!?

    Este filme apresenta risco, supondo ainda, que o julgamento de certos indíviduos fosse verdadeiro, apenas aos ditos Cristãos, que não o são pura e integralmente. Pois o verdadeiro filho e seguidor de Deus, tem a sua fé como alicerce de sua vida. E nada pode abalá-la.

    Este é apenas o mínimo que como pessoas seguidoras dos ensinamentos de Deus, podemos fazer. Se todas as pessoas do planeta, independente de suas religiões, se despojarem-se da ganância, da luxúria, do orgulho, da cobiça e do egoísmo, o mundo não seria como ele é. Mas sim, algo bem mais próximo do que o Nosso Pai, desejou para nós.

    Espero de maneira alguma ter ofendido a ninguém, mas pelo contrário ter esclarecido o meu verdadeiro ponto de vista, esperando ainda mais ser de utilidade reflexiva para muitos.

    Obrigado, pela oportunidade.

    Curtir

  32. Nalin
    10/11/2010

    E em momento algum, tentei distorcer a dissertação elaborada por Marcos Reis.
    Muito pelo contrário, creio que ele, foi ímpeto ao manter a mente disponível para captação daquilo que é bom.

    Concordando plenamente, logo será possível termos controle e acesso à outros corpos virtualmente. Muito mais além do wii, ouso dizer, o futuro da medicina, através de ligações sinápticas ligadas diretamente ao córtex cerebral, cerebelo, captação dos impulsos elétricos a partir do nosso corpo serem retransmitidos para uma máquina, ou um projeto humano, está ao nosso lado. A linha entre ficção e ciência, torna-se cada vez mais tênue.
    Deus nos deus sabedoria, e dela devemos produzir bons frutos para melhor manutenção das nossas vidas, para Sua maior honra.

    Curtir

  33. Nalin
    10/11/2010

    Favor ignorarem o ‘s’ acrescentado erroneamente à palavra ‘deu’, na penúltima linha do meu escrito acima.
    Obrigado.

    Curtir

  34. junivaldo
    11/12/2010

    Quero deixar bem claro que respeito a religião de cada um. O que discordo é dessa negação da cosmovisão indígena, ou seja, a demonização dos seus deuses, que é o que as pessoas que se auto-intitulam cristãs (se intitulam, já que o cristão genuíno inexiste) ainda fazem em pleno século XXI, convertendo deuses milenares em seres diabólicos, por orgulho dogmático. A verdade é que os valores antigos e tradicionais estão caducos, mas insistem em permanecer. Nietzsche, por exemplo, quando afirmou que “Deus está morto”, falava na verdade da morte do Dogma, do conformismo, da passividade, da intolerância, da superstição e do medo. Não um anti-teísta, o “fantasminha camarada” do qual vcs tanto falam é o mesmo que nos ameça de castigo pelo fogo do inferno, é o mesmo que patrocinou genocídios, é o mesmo que se omite diante das injustiças e atrocidade que ocorrem desenfreadamente no mundo atual. Deus é infinitamente mais que isso… o resto é parte de um sistema tradicional de valores. Eu prefiro ficar com os hereges torrados na fogueira e com as bruxas subversivas que vomitavam sobre os papas a ficar engolindo suas falácias como um comprimido da verdade. O cristianismo foi descaracterizado e o que existe é um farisaísmo contemporâneo. Aos que me xingam, digo que, seus pecados nãos são menores que o meu… Silas, vc só quer que eu diga o que vc quer que eu diga. O Jesus que vcs pregam, aquele mesmo, o Nazareno, ele criticou o religioso fingido e elogiou o pecador sincero. Ele sim é admirável! Abçs fraternos a tds, em especial a Nalin (Nalin, eu te compreendo!).

    Curtir

  35. ROGENS
    16/12/2010

    Concordo plenamente com esse junivaldo, falou bonito!!! abracos

    Curtir

  36. junivaldo
    20/12/2010

    Gustavo, o cristianismo primitivo há muito foi descarecterizado para servir a interesses e ponto final. E Você não quer enxergar!

    abçs

    Curtir

  37. junivaldo
    20/12/2010

    Siga os preceitos acima (escritos por Nalin) e eu te direi, “em verdade, em verdade és um verdadeiro cristão” Deixemos de hipocrisia, este é o pior pecado.

    Curtir

  38. Roberto Aguiar
    21/12/2010

    Nobre Junivaldo, me desculpe a franqueza, mas você comete erros clássicos e faz afirmações com a mesma legitimidade da mãe Diná. Primeiro reedita o erro dos acadêmicos dos anos 60 que viam em Nietzsche, um ícone que tinha algo a dizer. Ora, Nietzsche era um maluco de carteirinha, que acreditava no mito de atlantida e na leda da superior raça ariana.

    … ÉÉÉ aquela mesma que Hitler pregava. Segundo as lendas de origem grega, Thule seria a mais distante terra conhecida do Norte, um continente perdido, uma espécie de paraíso habitado por deuses. Alguns malucos como Hitler e Nietzsche creditavam que esta terra seria habitada pelos hiperbóreos, nos quais residiria a origem da “raça ariana”, super-homens, geniais em tudo. Diferentemente de você meu caro Junivaldo, aqui vai a prova da insanidade de Nietzsche. Entre 1883-1885, Nietzsche escreveu o livro, “Assim Falou Zarathustra”, um livro para todos e para ninguém. Nele, Nietzsche desenvolveu uma moral anticristã e atéia, exaltando a vontade do grande indivíduo (super-homem), e celebrando a vida que sempre se renova em eterno retorno. Nietzsche começa sua obra com a frase: “Consideremo-nos o que realmente somos. “Somos hiperbóreos”.

    Agora já que você fez essa grandessíssima “previsão” astrológica, de que “não existe cristão genuíno hoje em dia”, eu gostaria que você, como eu fiz acima, provasse a todos nós a veracidade dessa sua afirmação. Pode ser?

    Adicionando mais um, a soma de seus equívocos, é quando você fala do Deus de Nietzsche, querendo insinuar que ele não pregava a morte de Deus, e sim um Deus muito mais “cabeça”, do que o dos cristãos. A crença pessoal de Nietzsche era no esoterismo, um coquetel de crenças de várias religiões diferentes que tinham algo em comum: “Não existe Deus pessoa, Deus é uma energia, Deus é todo o universo junto!” Isso é totalmente o oposto do Deus cristão, que claramente se anuncia como uma ser criador de tudo.

    Você faz uma lambança grande quando confunde religião humana com religião do Deus criador. E pior, lança nas costas de cada cristão, os horrores que falsos seguidores de Cristo praticaram em Seu nome. Isso seria equivalente a por exemplo, a eu ser responsável pelos roubos no governo praticados pelo PT, só porque eu votei no Lula. Isso tem cabimento? Eu sou culpado ou inocente desse roubo?

    Nobre Juvenildo, você é contraditório quando vomita com razão os paspalhos que falsearam o cristianismo, mas engole Nietzsche que acreditava na lenda do super-homem, uma teoria obscena, facista, que prega que há distinção entre os homens; o inferior e o superior, e que os superiores devem subjugar os inferiores. Foi o que Hiltler procurou fazer a risca.

    Nobre Juvenildo, não se coloque coloque como o Neo, o herói do filme matrix, que supostamente estáva tendo a oportunidade impar, de enxergar a trama nos bastidores do mundo. Você não é o Chê Guevara, nem nós somos o ignorante povo cubano que comprou a baboseira toda…

    Há propósito, quem te xingar por tuas idéias, mesmo que jure de pé junto, não acredite, não é cristão! Ele apenas pensa que é! Um cristão de verdade jamais faria isso com seus opositores. Você tem razão quando diz que pecado é pecado, independente se é praticado por cristão ou não.

    Um detalhe que você não percebeu na história do pecador e do publicano, é que o pecador foi justificado não porque apenas admitiu ser pecador, ele foi absolvido principalmente porque não concordava com suas atitudes erradas para com Deus. E esse detalhe faz grande diferença!

    Nobre Juvenildo, acho que o maior problema que encontrei em você, foi sua ignorância bíblica. Você definitivamente não investiu tempo suficiente em conhecimento de causa bíblica como se aplicou a conhecer os, “hereges e as bruxas”, usando suas palavras. Mas isso é um erro bastante comum dos críticos do cristianismo. Porque conhecem um pouco de cultura popular, a maioria de vocês se sente “mestre” em bíblia. A lógica reza que isso é um contra-senso.

    Um abraço!

    Curtir

  39. junivaldo
    23/12/2010

    Deus e o Farisaísmo Contemporâneo

    Deus?
    Deus existe em alguns momentos da minha vida. Um evangélico radical certamente me aconselharia “Ele deveria estar em todos os momentos de sua vida”. Até concordo, mas o fato é que não consigo ter a fé necessária que me conduziria a uma eventual salvação. Mentir não sei, e o maior palavrão que considero chama-se “HIPOCRISIA”. Eu desconfio veementemente desses bons samaritanos, pedindo dízimo, aumentando seu império e deixando de dar esmola aos vagabundos no caminho de ida à Igreja. Rio-me do tartufismo desses bem-intencionados e não entendo a genealogia dessa cegueira cultivada. Essa mitologia hebraica. Essa cosmogonia genesíaca. Esse moralismo farisaico de parece pregar uma coisa e fazer outra. Por que as pessoas acreditam tão cegamente nesses dogmas herdados de povos tão fracos e inseguros de si? Por que se tornam vítimas desses parasitas que aproveitam-se de versículos ambíguos para interpretar a Bíblia em benefício próprio? Por que se acham essencialmente cristãos, mas praticam um farisaísmo contemporâneo que é flagrante? Por que se auto-intitulam “os escolhidos” esses tartufos de uma figa, se o que existe hoje é um cristianismo descaracterizado, desvirtuado pela insensatez do espírito capitalista predominante nas igrejas? Pastores e bispos pregam a humildade e vivem confortavelmente na opulência de suas mansões, outros insistem em pregar que a fé move montanhas de dinheiro, para quem a pratica, e vêem no dinheiro o único meio de se atingir a felicidade terrena. Estão contaminados pelo vírus do capital! Ostentam carros, jóias e produtos eletrônicos dos mais modernos, e quando demonstram a menor ação caridosa vangloriam-se como os antigos legistas que davam esmolas enquanto tocavam trombetas. Transformaram o seu templo num mercado onde se comercializa a salvação. Mercenários de uma fé mercadológica. Enquanto isso, ao bom rebanho de humildes cabisbaixos resta esperar pela recompensa eterna, que toda pobreza terrena é transitória. Jesus se envergonharia dessa forma de credulidade. Já não existe o cristianismo no mundo ocidental. Essa gente posando de cristão num mundo luciférico, luciférico porque assim o fizeram. Não existe religião, o que existe é fidelidade partidária. E Deus, na verdade não é Deus nem deus, ele dispensa e aceita todas as terminologias. É Tupã, Jeová, Alá, Deus, Reencarnação, a Consciência Cósmica, o Universo Paralelo, o Tudo, a Natureza, Eu. Somos Universo, o todo particularizado, por isso fazemos parte de uma mesma Energia Cósmica, sou Deus, deus e deuses, porque sou irmão legítimo das estrelas, feito de um mesmo material cósmico. Sem Igrejas, puritanismos, farisaísmos e tartufismos, as religiões precisam sim e imediatamente ser discutidas. Já confabulei com Buda, Jesus, Maomé, Confúcio, Maruaga (e Nietzsche sim, quando lúcido!) e me senti indefeso moinho de vento diante de milhões de donquixotes, e o fato é que tenho 33 anos e ainda estou tentando realizar um milagre. Cristão, cristão… Jesus, o Cristo, Paulo, o Apóstolo, Gandhi, o Indiano, e Francisco, o de Assis, o resto é mentira e correr atrás do vento! “Bem-aventurado seja o homem que vive em Deus, mas abençoado seja aquele que morre procurando-o.” Por isso reafirmo com veemência: O Cristianismo não existe!

    Nada pessoal. Apenas opiniões antagônicas.

    Abraços fraternos a todos (corações pacíficos e revoltosos)…

    (Junivaldo Sá de Lima) junivaldosa@hotmail.com

    Curtir

  40. Roberto Aguiar
    24/12/2010

    Aplausos gente! Por favor, aplausos! Aplausos para o nosso nobre amigo Juvenildo. Ele precisa de aplausos para existir! Por isso, em vez de se comunicar, ele explode numa convulsão verborrágica para expressar toda a “beleza” de sua “genial” capacidade de enxergar, e descrever a realidade como ela é. E a motivação maior por traz de tudo disso? A sempre ”boa” e velha vaidade. Como disse o ator Al Pacino, interpretando o personagem do diabo no filme “O Advogado do Diabo”, “Vaidade, definitivamente meu pecado favorito”.

    Que pena nobre Juvenildo, que em vez de continuar o que você começou, você prefere interpretar o personagem do “João sem braço”, ou melhor, usando ainda o seu próprio contexto. Você prefere filosofar rumo a estratosfera, ao melhor estilo Nietzscheniano, por motivos de auto-adoração é claro, a se deter com meros mortais. Seria mais inteligente de sua parte que você se desconectasse do seu próprio umbigo, interrompesse o seu numero, e parasse de nos usar como platéia enquanto ainda nos sustentamos aqui para ouvi-lo.

    Primeiramente, quem corre atrás de você ou de qualquer um, insistindo para que creiam no Deus cristão, não entendeu em absoluto a mensagem de Cristo. Se o modelo é Cristo, jamais uma cena dessas foi achada nas escrituras. E por motivos óbvios! Quem corre atrás é quem precisa, e não quem oferta.

    Segundo, quem não desconfiar desse gênero de “bom” samaritano citado por você, ou é novo na fé, ou então é tão corrupto quanto ele. Das duas uma!

    Terceiro, quanto a “mitologia hebraica”, meu nobre Junivaldo… Para quem acredita nas idéias de um homem que acreditava na Atlântida, como você, não tem moral alguma para questionar a veracidade da história hebraica, que por sinal, para ajudar a debelar a sua desinformação, é muitíssimo respeitada em qualquer curso superior de história, como documento reconhecidamente histórico. Fato que não se repete com o Alcorão(A bíblia dos árabes), com as palavras de Buda(a bíblia dos budistas), com o I Ching(a bíblia dos chineses), Com o Bagavaghita(a bíblia dos indianos).

    Quarto, chamar o povo hebraico de fraco e inseguro de si, é multiplicar o numero de pérolas da ignorância colecionadas por você. É sabido por pessoas dadas a cultura geral, que o povo hebreu, como nenhum outro, detém o maior número de prêmios Nobel da raça humana. Existem apenas 12 milhões de judeus no mundo, e essa pequena minoria detém 25% dos prêmios Nobel, ou seja 1/3. Israel tem apenas 62 anos de vida, é do tamanho do estado de Sergipe, metade de seu território é deserto, e ainda assim, é considerado pelo FMI como a 34° economia mais desenvolvida do mundo. O único país de primeiro mundo do oriente médio. Já o seu povo Juvenildo, nós brasileiros, estamos aqui a 510 anos, numa terra com um potencial infinitamente maior, e o que conseguimos? Não passamos de terceiro mundo. A sua raça Juvenildo, é uma grande piada! E você… mais uma bola fora!

    Quinto, você insiste na mesma lógica de avestruz. Continua injustamente tentando jogar nas costas de toda a cristandade, todas as patifarias que os falsos cristãos fazem em nome de Cristo. Como você gosta de julgar e condenar as pessoas Juvenildo? Essa sua atitude me faz lembrar dos fariseus e de suas conclusões condenatórias baseadas em sentimentos e não nos fatos. Todo Cristão genuíno tem nojo de homens como esses que você citou, e agimos diametralmente oposto a eles. Mas você, como como um inquisitor da idade das trevas, quer a força, nos colocar no mesmo saco.

    Até que em fim você desabrochou e disse para que veio nobre Juvenildo!

    Juvenildo diz: “Somos o Universo, o todo particularizado, por isso fazemos parte de uma mesma Energia Cósmica, sou Deus, deus e deuses, porque sou irmão legítimo das estrelas, feito de um mesmo material cósmico. Já confabulei com Buda, Jesus, Maomé, Confúcio, Maruaga e Nietzsche sim, quando lúcido!”

    Bem a partir desse emaranhado de ideologias, dessa sopa de credos que você julgou digna de depositar a sua fé, você ainda tem coragem de se achar mais esperto que os cristãos? Isso é piada?

    Meu amigo…quem acredita no que você escolheu acreditar, é capaz de acreditar em “Bumba meu Boi”, “Papai Noel” e “Mula sem Cabeça”.

    Depois de conhecer o seu verdadeiro credo religioso, tá na cara que você não fica a dever nada pra nenhum desses abestados cristãos que investem uma fé sega nos picaretas da fé. Comparar a bíblia, um livro com 4000 anos, usada como objeto de estudo pela própria ciência, com essa baboseira cósmica de gurus que usam até entorpecentes para se comunicar com esse deus cosmonauta? …Poupe-me nobre Juvenildo…Que decepção…Pensei se tratar de alguma critica séria mas você me desanimou…Me veio com folclore em vez de argumento sólido…

    Finalizando, pelas suas palavras Juvenildo, você nunca encontrou um verdadeiro cristão. O Jesus da bíblia não tem nada com esse cristianismo hipócrita atual. O que você procura é auto-justificação. Espaço e silêncio suficiente para você ser o que quiser, sem que haja nenhuma filosofia que sugira que você está errado. Você também é um sonhador, e segundo as palavras do verdadeiro Jesus, se você insistir em continuar nesse sonho, em breve ele vai se transformar em pesadelo, e será de duração eterna. Palavras de Jesus conforme consta nos evangelhos.

    Desculpe a tolice dos meus conselhos… esqueci que você julga ter algo mais “sólido” para acreditar…

    Um abraço!

    Curtir

  41. Nalin
    25/12/2010

    Eu simplesmente não vou mais perder meu tempo aqui.
    É mais fácil ensinar macaco a falar.

    Que Deus abençoe à todos, e dêem-lhes um pouco de sabedoria e compreensão.

    Curtir

  42. Nalin
    25/12/2010

    Não, eu vou sim. rs

    Vamos deixar tudo muito claro, vai.

    Cada pessoa é possuidora de uma opinião e mente formada. Algumas tem mais facilidade em aceitar um ponto de vista diferente do qual ela já tem construído, e outras nenhuma.

    Este post, junto com este espaço para comentários não vão a lugar algum, ainda mais tendo um tema delicado como religião. Então, um ficar argumentando o argumento do outro, vejo que em nada há para contribuir com a sabedoria ou discernimento, afinal as pessoas comentando aqui possuem um ego pra lá de forte.
    Por esta razão, isso está parecendo já o princípio de Heisenberg aplicado a sabedoria. rs

    Quero apenas esclarecer alguns pontos:

    Ao MEU ver,
    Se o post, ou algumas pessoas são a favor de que os cristão não devem ver o filme, eu absolutamente discordo.
    Por quê um Cristão não deve ver o filme?
    Partindo do princípio de que um Cristão verdadeiro, não deixa sua fé ser abalada por nada.
    Se essa proibição fosse válida, deveriam também então proibir o ensino de história asteca, maia e inca. Proibir estudo das culturas orientais.
    Afinal, em momento algum o filme passa alguma mensagem CONTRA o Cristianismo, passa?
    Tudo que ele faz, é mostrar uma cultura diferente da nossa. Mas não ataca os Cristãos em momento algum. Um povo exercer sua própria cultura, até mesmo na ficção, está sendo contestado!
    Isto é um cumulo, convenhamos. Não queremos cometer os mesmos erros de alguns predecessores nossos, “julgando e queimando”, não é?

    As culturas diferentes existem. A dos Na’vi é apenas mais uma. E imaginária!
    Como é possível, haver tanto preconceito com algo que nem ao menos existe?

    Seria bom, colocar a mão na conciencia e avaliar o nível de fé.
    Pois se os Cristãos que tanto reclamam do filme, tem a sua fé influenciada por um filme de ficção científica, como podem ser verdadeiros Cristãos?

    Eu sou católico. Assisti o filme, e foi um grande exemplar que nos lembra por que o cinema é considerado uma arte.
    Eu não sou menos cristão por isso. Eu ainda creio em um único Deus, dentro e entre nós (Onipresente) e único Criador (Onipotente).

    Não quero provocar mais e mais discussões. Não levam a lugar algum, se quem ler concordar com este ponto de vista, ótimo, mostra-se com compreensão e respeito pela cultura e costumes alheios. Deus é único e não cabe a nós julgar se o que cada povo faz é certo ou errado. É bom ou ruim. Podemos formular nossas opiniões a respeito, mas não julgar.

    Mas se quem ler, for contra tudo o que disse. Ficarei grato por apontar onde não está de aacordo, e o por quê.
    Falando claramente, sem fugir do assunto e sem devaneios.

    Grande abraço a todos, e boas festas.

    Curtir

  43. Nalin
    25/12/2010

    Ah! Bati o olho de relance em algum comentário e vi algo sobre Atlantida.
    Bom, Atlantida está muito mais próxima de ser real do que imaginária, cientificamente falando.

    Curtir

  44. Roberto Aguiar
    25/12/2010

    Nobre Nalin, de início seria interessante você se esforçar para se ver um pouco menos genial do que de costume. Sua visão soberba de si mesmo ficou bem evidente quando comparou seus companheiros de post com macacos. Na sequência seria interessante também você aterrissar, e tentar parar de nos tratar como seus alunos, e a si mesmo como mestre. Isso é um tanto quanto esquisito e surreal….

    Esse tema, juntamente com esse espaço não vão a lugar algum que você deseje ir. Fale apenas por você e ponto. Não tente ditar a direção que nós devemos ir. Aqui o nosso interesse é analisar os fatos sob o ponto de vista religioso da fé cristã protestante. Não faz sentido algum você entrar num blog que se chama, discernimento cristão, e não querer discutir religião. Outra coisa que não fez nenhum sentido, foi você observar que o ego das pessoas aqui é muito elevando, depois de ter nos comparado a seres inferiores ao macaco. Isso revela que você está muito atento ao rabo da “macacada”, no entanto esqueceu de medir a proporção do seu, candidato, quem sabe, ao maior rabo do bando.

    Falando como cristão, não existe absolutamente nenhum problema em ver o filme. Meu objetivo com esse post foi analisar os bastidores e determinar a inspiração do diretor do filme. Só! Como você disse, a fé verdadeira não se abala por nada.

    O filme em momento algum passa uma mensagem clara contra o cristianismo. No entanto indiretamente sim, quando expressa a existência de um poder paralelo no universo que governa a vida. Não haveria problema algum em se criar uma ficção sobre um poder paralelo ao de Deus. Mas, quando a ficção que se cria é baseada em uma crença real, adotada por milhares de pessoas, como é o caso da crença esotérica em Gaya, que diz que não existe um Deus pessoal mas retrata Deus como uma energia, o cosmos, ai está claro que há uma mensagem ante cristã. Essas doutrinas esotéricas são antiguíssimas, mas nesses tempos onde a ecologia se tornou uma paranóia, esses dogmas estão em ascensão novamente. É isso que retrata esse post, sob uma ótica totalmente cristã.

    Entenda uma coisa, toda forma de sociedade possui seu credo, seus dogmas. Muito embora para o ocidente a religião dos povos animistas seja uma tolice de gente ignorante, nós cristão sabemos que isso não é verdade. Sabemos que por trás de um culto aparentemente ridículo, há forças espirituais reais que manipulam as vidas desses povos para o mau. O que ocorre é que a ciência, que rejeitou a bíblia enquanto filosofia, contrariando o seu passado, está agora se voltado para a religião desses povos e para o misticismo esotérico. Essa tendência vem crescendo exponencialmente pelo mundo, daí o nosso alerta. Embora o filme seja uma ficção, se baseia em crenças reais.

    Não estamos querendo tolher o direito de ninguém, de acreditar e cultuar o que quer que seja, seja espiritual, animal ou vegetal. No entanto nos reservamos no direito de “dar o nome aos bois”. Ou será que não temos esse direito?
    Nobre Nalim entenda, o cristianismo desaprova o homossexualismo mas nem por isso prega a discriminação do homossexual. O mesmo acontece no caso da religião alheia. Não aprovamos, mas respeitamos o indivíduo e reconhecemos seu direito de cultuar seja lá o que for. Espero que agora fique mais fácil de entender o propósito do post.

    E sobre a existência da atlântida ser comprovada pela ciência…quando a descobrirem, nos avise, e não esqueça de colocar no vidro traseiro do seu carro aquele famoso adesivo: “Eu Acredito em Duende”…

    Curtir

  45. junivaldo
    26/12/2010

    Roberto, você me parece irreverente, rancoroso e vingativo. E ainda assim se diz do time de Deus (um cristão)? Isso é contraditório!…

    Em resposta ao seu rancor patológico, eu lhe dou o meu perdão.
    Em resposta ao seu desejo “cristão” de vingança eu lhe desejo um feliz ano novo.
    Em resposta à sua ironia e irreverência eu lhe deixo a minha modesta opinião.

    Sinto lhe dizer, Roberto, mas o seu pecado não é menor que o meu.

    Quem está julgando aqui é você, quem está falando que os cristãos ODEIAM é você (dizendo “todo Cristão genuíno tem nojo de homens como esses que você citou”). Você é irreverente, condição inaceitável a um cristão genuíno (“Aplausos gente! Por favor, aplausos! Aplausos para o nosso nobre amigo Juvenildo”). Quem está condenando os “novos hereges”? Ah… e quando falo do povo hebraico, você com certeza deve saber que me refiro aos hebreus primitivos, mas prefere usar de paralogismos para dar mais contundência à sua Verdade inquestionável com falácias.

    Portanto fique você com o seu velhinho mítico emburrado, mal-humorado que quer ser amado a qualquer custo e deixe-me com meus devaneios filosóficos e emaranhados de ideologias. Pois eu tenho medo dos fantasmas que vomitam dogmas!

    E para encerrar essa vã-discussão, já que você já tem suas convicções eu minhas dúvidas, (e isso está parecendo europeu querendo catequizar índio) tenho um pedido a fazer-lhe: “Lembra-te de mim quando estiveres no Paraíso.”

    Com HUMILDE abraço,

    Junivaldo (não é Junenildo)

    Curtir

  46. junivaldo
    26/12/2010

    … E é inúltil falar a pessoas sem ouvidos.

    Curtir

  47. Roberto Aguiar
    26/12/2010

    Nobre Junivaldo, se a prova de que alguém tem ouvidos, é escutar e dar crédito a lunáticos como Nietzsche, ou a alucinações de arquetípos de gurus, como você faz, eu por mim, desejo morrer surdo.

    De forma alguma nobre “Juni”! Suas previsões astrológicas de que estou me sentindo rancoroso ou vingativo para com você, suas previsões estão vazias de nexo. Essa tática que você costuma usar pra cima dos crentes, que por ventura venham a perder a compostura, diante dessa baboseira em forma de rima poética que você produz, e ainda por cima, assume o ar de “bom samaritano vitimado”, não funciona comigo.

    Definitivamente não me acho em sintonia com o rancor ou com a vingança, especialmente em relação a sua pessoa. Uma figura hilária como você, jamais despertaria em mim, tais sentimentos grosseiros, muito pelo contrário. Quanto a ironia e a irreverência, você é muito mais prolífico nessa arte do que eu. Então por que o espanto? Não seja dissimulado…isso é feio!

    Nobre Juni, por favor, pare com esse expediente de se fazer de vítima… isso também não é legal! Quem aqui falou que você era mais pecador do que qualquer um de nós? Ninguém, nem por um instante se quer mencionou algo que se aproximasse disso. Todos nós somos pecadores, e de igual estirpe.

    O ódio existe no cristianismo sim, não só no cristianismo, mas em toda a humanidade, por tudo o que é desonesto e infame, corrupto e injusto. E nós, genuínos cristãos, nos unimos a humanidade quando num sentimento de revolta, manifestam seu rancor contra falsos lideres cristãos, que por sentimentos imorais, roubam, enriquecem e ludibriam as multidões em nome de Cristo. Foi em relação a esse tipo de homem o meu comentário.

    Quanto a irreverência não ser inaceitável para um cristão. Meu nobre Juni, não fale mais besteira do que já falou, pois o volume de besteira produzida por você, nesses poucos posts, daria para o consumo de vários anos… O que você entende de cristianismo autêntico? A noção de cristianismo lhe passada pelos gurus que você tieta, é falsa. Vejamos, por diversas passagens nas escrituras, tanto Jesus, como os profetas, passando pelos apóstolos, usaram da irreverência como expressão da linguagem ….hehehe. A irreverência é uma figura de linguagem, um dos recursos de qualquer língua. Nobre Juni, você parece que está assustado…abusa do recurso da irreverência como expressão de linguagem, mas não permite que seja usada contra você? Que balança desigual Juni?

    De novo se fazendo de vítima Juni… Dizer que eu o estou condenado como um neo-pagão? Parece que se fazer de vitima é o seu recurso preferido quando as coisas ficam difíceis, e de longe, o personagem que melhor você sabe interpretar…heheheh. Eu não disponho de poder condenatório nobre Juni, só o todo poderoso o tem. Portanto o seu destino está nas mãos dele, não nas minhas. O máximo que posso fazer, é procurar conhecer como Deus pensa, pois isso está ao alcance de qualquer um através da bíblia. E ai posso ter uma idéia do que é preciso para se dar bem ou não com o Todo-Poderoso. Isso é tudo!

    Não, não nobre Juni, não venha tentar remendar o que não pode ser remendado…você procurou humilhar os judeus, depois que lhe mostrei os fatos, você viu que falou besteira, que ficou mau na “fita”, e quer agora “aplicar” “sobre nosotros”…. não,não, suas palavras testemunham contra você…

    Nobre Juni, agora você chama Deus de, “velhinho mítico emburrado”, que irônico e irreverente … E com Deus…. que contradição nobre Juni! Você está mordendo a própria língua, usando de expedientes que pouco atrás condenou… Que contradição…Parece que você é cheio delas não….!

    Ainda bem que o Deus da bíblia, nem de longe, se mostra emburrado, mau-humorado, arrogante ou prepotente. Nas escrituras Jamais manifestou nenhuma indício se quer de carência afetiva ou solidão. Não faz absolutamente nada com segundas intenções, mesmo porque não possui falta de nada. Essa míope visão de Deus, que esses gurus que sub-existem na alienação e na pobreza intelectual lhe passaram nobre Juni, tem tanto fundamento quanto por exemplo, o Bill Gates sentir uma necessidade profunda de algo, que só um mendigo de rua pode lhe dar.

    Nobre Juni, você já tentou fazer algum teste para televisão? Sim porque com o taleto e paixão com que você interpreta o personagem “vítima”, talvez haja um futuro para você junto as artes cênicas…alguém já deve ter te dito isso, não?
    Dizer que eu estou tentando te converter…hehehe. Isso é um absurdo que ainda não passou pela minha cabeça..hehehe. Seu orgulho, e sua distorcida auto-imagem o precedem nobre Juni… Pensar só por um momento que eu estava tentando te converter … heheheh. É o mesmo que dizer que Jesus quando discutia com os fariseus, era com intenção de mudá-los… Não nobre Juni, Jesus não era tolo, e eu, na minha pequenez, me esforço para tentar imitá-lo.

    Pessoas como você, que já escolheram o que querem acreditar, porque pensam que enxergam mais que os outros, não podem ser ajudadas por Cristo. Por que? Porque Jesus no caso, veio para os cegos, para os que não conseguem ver, os doentes. Pessoal que pensam que são saudáveis como você, que pensam que enxergam, se tornam imunes ao evangelho de Cristo.

    Disse Jesus:

    ” Os sãos não necessitam de médico, mas, sim, os que estão doentes; eu não vim chamar os justos, mas, sim, os pecadores ao arrependimento”. Marcos 2:17

    “Disse-lhes Jesus: Se fósseis cegos, não teríeis pecado; mas como vocês dizem: Nós Enxergamos; então por isso o vosso pecado permanece”. João 9:41

    E finalizando, volte quantas vezes quiser nobre Juni, e aprenda essa lição, nem todo crente é otário, sem poder de argumentação e desprovido de cultura secular. E se não quiser passar pela mesma “saia justa” que passou aqui, pense duas vezes antes de se aventurar com um cristão que leva sua fé a sério.

    E outra lição bíblica, nuca se coloque como uma pessoa humilde como você se despediu, pois para quem conhece a bíblia, sabe que esse é o primeiro sinal de orgulho e arrogância, pois a verdadeira humildade não enxerga a si mesma.

    Depois os cristãos é que são hipócritas…..

    Curtir

  48. Junivaldo Sá
    08/01/2011

    Já? Conseguiu inflar o teu EGO?
    Mas, calma aí… Você não riu por ultimo!

    Meu amigo a única coisa que fiz até agora neste site, foi expor a minha verdade. Não sou vítima nem culpado de nada porque não estou sob o domínio da moral. Meu ponto de vista é minha Religião, e se tem uma coisa que eu não dependo para saber que sou bom é de elogios e de prejulgamentos.

    A filosofia cristã há muito foi deturpada para servir a interesses vigentes de uma época, você prefere jogar os pensadores no seu inferno imaginário, declarando repugnância pelos mesmos, a se compadecer e orar por esses “condenados”, mostrando com isso misericórdia, atitude benevolente e benemerente, de um verdadeiro cristão. Isso, meu caro, é preconceito irracional! Mas o que você quer é apostar corrida. O seu ufanismo e vanglórias só me fazem confirmar as minhas suspeitas, de que você não passa de um fariseu que julga conhecer os outros e ter o poder de condená-los só pra saciar o seu inerente desejo “cristão” de vingança, como um Todo-Poderoso. Mas o que Jesus fez foi combater os fariseus, condenar o religioso fingido e elogiar o pecador sincero. Ele sim é admirável! Alguns “crentes” me fazem pensar que o paraíso é um lugar sem “crentes”.

    Quanto à questão do povo hebreu, você só quer que eu diga o que você quer que eu diga. Eu conheço a minha verdade. Não estou acorrentado a (pré) conceitos morais e a preceitos religiosos em que é preciso redimir-se e humilhar-se para ser feliz. Deus não é um rótulo, como um Che Guevara estampado numa camiseta preta, ele dispensa terminologias e pode ser compreendido de diversas maneiras. Por que não? Porque você no auge da sua puritanice se julga mais conhecedor de Deus do que outros, ou porque é a nova Mãe Diná prevendo o futuro alheio e adivinhando como vive e o que fazem as pessoas. Você não me conhece, meu caro, para dizer quem eu sou, para dizer como me sinto. E para sua decepção, sou sim um leitor da Bíblia, talvez até mais do que muitos que andam berrando por aí “senhor, senhor”.

    Eu não me assusto com absolutamente nada (o medo do fantasma que vomita dogma é linguagem metafórica) e não é você que vai me converter a coisa nenhuma. A irreverência nunca foi uma figura de linguagem, é sim um desacato que biblicamente é proibida, aliás nem deveria estar lhe falando isso, já que é um profundo conhecedor das Escrituras Sagradas, mas penso que essa parte você pulou, pois não condiz com seus interesses, ou você não está disposto a mudar a sua personalidade. Ninguém me assusta, meu caro, você não passa de uma mera mosquinha inofensiva rodeando este “espaço” à procura de cérebros expostos onde você possa depositar os seu vermes. O que é bálsamo pra você pra mim pode ser veneno, e é preciso respeitar essa dualidade e parar com essa criminalização daqueles que optam por caminhos diferentes. Se o cristianismo do modo como se apresenta hoje é o cristianismo primitivo imaginado e praticado por Jesus e difundido pelo apóstolo Paulo, então eu sou o coelhinho da páscoa.

    Vou ficando por aqui, talvez jogado sim na escuridão dos abismos infindos dos mundos infernais, como alguns sugerem, mas não negando o meu pensamento, a minha verdade e a minha personalidade. Paranoicamente feliz!

    Um forte abraço a todos!

    Curtir

  49. Junivaldo Sá
    08/01/2011

    A msg é destinada ao Roberto Aguiar.

    Curtir

  50. Roberto Aguiar
    08/01/2011

    De novo Junivaldo…..!

    Com esse mesmo psicodrama melódico de novela mexicana? De novo com a mesma verborréia cansada, surrada, repetitiva…. O mesmo discurso, as mesmas palavras, só que dessa vez arrumadas em lugares diferentes?
    Poxa meu…Vira o disco, traga algo novo, porque isso ai “não vale a pena ver de novo”….hehehe. Não aguento mais te ver interpretando o papel de vítima… Isso cansa sabia?

    E o culpado disso tudo foi você, que em vez de respeitosamente se inserir no debate defendendo o seu ponto de vista, preferiu nos subestimar, achou que era uma barbada, e chegou todo a vontade menosprezando a religião alheia.

    Se não foi suficiente para você o meu ultimo post, não tem problema, eu refresco sua memória.

    Você alega que é leitor da bíblia. Os satanistas também! Saiba que de leitor, para conhecedor, há uma grande diferença.
    Como você não é um cristão, suas divagações, bem como seu ínfimo conhecimento, tanto sobre a bíblia como sobre o cristianismo, são apenas relevantes para você, e para outros alienados da sua tribo. Todas essas desconsiderações que você faz com um prazer quase orgástico sobre o mundo cristão, tem valor apenas dentro das fronteiras da sua cabecinha de porcelana. Fora dela, não significam absolutamente nada!
    Você entende o significado da palavra nada? Pois bem, é exatamente isso que elas significam!

    Portanto não dê um valor a você mesmo, além da sua própria realidade, pois para quem está de fora, isso soa ridículo!

    Me diga Junivaldo, como pode alguém como você, que chega no recinto alheio, no caso esse blog, e de início, tenta humilhar e menosprezar as pessoas do recito, para depois vir reclamar do orgulho e da arrogância dos mesmos? Vê se isso tem cabimento? Você não tem moral alguma para tocar nesse assunto, porque você foi o primeiro a atirar pedras. No português, para esse seu comportamento, se dá o nome de “dissimulado”, “fingido”, e “hipócrita”. Essa ultima uma das palavras que você mais gosta de atirar nos outros, não é!?
    Ô Juni, essa é básicão: “Tira primeiro a tora de madeira que está no teu olho, só então você estará apto a ajudar com o cisco de alguém”.

    Novamente você fala como se eu estivesse tentando te converter. Isso é esquisito, pois deixei bem claro que isso nunca fez parte das minhas intenções. Na verdade o seu desejo seria me ver tentando te catequizar, para então você realizar um dos seus maiores prazeres: Humilhar, pisar e diminuir, aqueles que tentam te ajudar. Mas como eu te disse Juni, eu procuro seguir a Cristo, e ele jamais foi atrás dos zombadores fariseus. Esse seu desejo sádico de humilhar e menosprezar os cristãos não vai conseguir se realizar através de mim. E sabe porque? Porque pessoas com a sua personalidade, eu já conheço a muito, e sei que não são dignas de serem levadas a sério.

    Juni diz: “A irreverência nunca foi uma figura de linguagem, é sim um desacato que biblicamente é proibida”.

    Isso é a diferença entre alguém que ler e alguém que conhece. Agora você está ensinando o que a bíblia diz Juni, justamente você que a ironiza e não acredita nela?

    Que contradição… Juni?

    Por que você está tentando se esconder atrás da bíblia, usando-a para se favorecer, tentando se livrar da minha linguagem irônica? Que feio Juni? … Malandrinho…hehehe.

    Se você não acredita nela, não a use par se favorecer, resolva seus problemas sozinho. Daqui a pouco é capaz de você chamar a sua mãe para debater comigo no seu lugar….hehehe.

    Agora sério, eu poderia trazer várias referências bíblicas para provar que não só Jesus, mas também os profetas, juntamente com os apóstolos usavam o artifício da ironia como figura de linguagem em suas falas. Só não trarei porque a bíblia nos ensina que é uma grande tolice levar a sério personalidades como a sua Juvenildo. Sendo assim, vou preferir seguir as orientações dela, e deixar você se iludir com as suas verdades.

    Juvenildo diz: “Ninguém me assusta, meu caro, você não passa de uma mera mosquinha inofensiva rodeando este “espaço” à procura de cérebros expostos onde você possa depositar os seu vermes”.

    …Você me chamou de Mosquinha? …Difusor de vermes….? Como você é humilde Juvenildo? Não estou acostumado com tamanha demonstração de humildade…

    Junivaldo diz: “é preciso respeitar essa dualidade e parar com essa criminalização daqueles que optam por caminhos diferentes”.

    Juni, primeiro cumpra com o que você prega, só então você poderá cobrar. Aqui você está invertendo a lógica da coisa. Primeiro está cobrando, para depois ver se vai cumprir ou não. Parece até que a contradição para você é um estilo de vida meu caro Juni!

    6° Junivaldo diz: “Se o cristianismo do modo como se apresenta hoje é o cristianismo primitivo imaginado e praticado por Jesus e difundido pelo apóstolo Paulo, então eu sou o coelhinho da páscoa”.

    Bem, para alguém como você meu caro Juni,que não acredita na bíblia mas por outro lado acredita num homem(Nietzsche) que acreditava no mito da Atlântida, você não é a pessoa mais indicada para tecer uma análise sóbria sobre o cristianismo. Partindo desse pressuposto meu nobre Juni, sem sobra de dúvidas você tem capacidade de sobra para acredita não só no coelhinho da páscoa, mas como também no “bumba-meu-boi” e no “Papai Noel”.

    Finalizando Juni, não sei se você vai tentar, eu no seu lugar faria. Tente levar as pessoas mais a sério, pois só assim você vai ser levado também a sério. Abandone o pedestal da sua crença filosófica e se misture com os demais sem sentimentos de superioridade. Nada de se achar mais esperto que os outros, mesmo porque a bíblia ensina que aqui em baixo não foi encontrado ainda nenhum indivíduo dessa espécie.
    Há…desculpe! Esqueci que para você a bíblia é só uma revista em quadrinhos!

    Curtir

  51. diógenes
    10/01/2011

    Há tempos venho acompanhando esse duelo, entre Junivaldo e Roberto e penso que este blog é um espaço democrático, onde qualquer pessoa, independente de suas crenças ou descrenças, pode postar seu comentário, o qual deve ser respeitado. O que o Sr Aguiar está fazendo é tentando excluir uma pessoa do blog simplesmente porque não atende os critérios criados pela sua própria mente para que se adéqüe às suas convicções cristãs. Que feio isso! Vejo que Junialdo expressou seu modo diferente de entender Deus, e despertou com isso algumas antipatias, mas em nenhum momento vi de sua parte agressão verbal de cunho pessoal, até ser atacado por esse cidadão que simplesmente começou a atirar pedras sobre a sua pessoa, tratando-o e destratando-o de forma preconceituosa e até com gabolices atípicas de uma pessoa de Deus. Por outro lado, vejo um ponto negativo quando o nosso amigo Juni insiste em responder aos ataques pessoais desse bom cristão, pois fazendo isso ele só está alimentando um debate que é inútil e só motivará mais ainda manifestações de outras pessoas insensatas que não hesitarão em intensificar mais ainda esse apedrejamento. Sr Roberto e Sr Junialdo, ambos carecem de mais humildade, principalmente o primeiro, já que se diz um cristão verdadeiro, já Juni, Sr Roberto não precisa se preocupar com essa condição, já que em nenhum momento e se autointitulou um cristão, então sendo assim você não pode cobrar dele pela sua irreverência e nem tentar se comparar a ele. Ele me parece mais filósofo do que religioso,( e você mais religioso do que filósofo) isso não é condenável. Quanto ao fato de acreditar ou não em duendes, qual é o problema disso? O problema é de cada um! Concordo que ambos são inteligentes sim, mas estão muito preocupados em demonstrar isso e esquecem o foco principal desse blog que é o filme. De meros comentário travou-se uma luta armada, que começou, a bem da verdade a partir do momento em que esqueceu-se de se comentar sobre o filme, ou mesmo falar respeitosamente sobre suas crenças, para atacar barbaramente pessoas que simplesmente não pensam como a gente gostaria que pesassem, nem por isso são melhores nem piores que os outros. São diferentes, e isso não é o maior dos pecados. Portanto sejam mais tolerantes e respeitem as suas diferenças, não pode haver sinceridade nas palavras daquele que se intitula cristão, mas se comporta como bárbaro diante do diferente! Deus existe e nenhum dos dois nega isso! E isso sim é o mais importante… Sejam mais humildes, é o que peço. Não estou aqui pra defender A ou B, estou para ser justo.

    Falei…

    Curtir

  52. Roberto Aguiar
    11/01/2011

    Meu caro Diógenes, em partes do seu comentário você foi feliz, e em parte foi extremamente tendencioso e vou lhe provar porque.

    Você tem razão quando diz que esse blog é um ambiente democrático onde toda opinião deve ser respeitada, e eu pessoalmente prezo por isso. Tanto é que nenhum comentário precisa ser pré-aprovado, dispondo todos de livre expressão, inexistindo qualquer forma de censura prévia, algo não tão comum na internet. Isso por si só já demonstra um caráter pluralista frente a opinião alheia.

    Jamais demonstrei intenção de excluir quem quer que seja desse post por diferir do meu ponto de vista, muito pelo contrário, fiz questão de manifestar ao Junivaldo que jamais desejei de forma alguma atraí-lo para o meu ponto de vista religioso, inclusive cheguei até a desdenhar de quem possa ter tentado fazê-lo. Outro prova de que jamais tentei expulsa-lo é que eu sou o dono do blog, portanto com poderes ilimitado de sanções. Jamais passou pela minha cabeça fazer algo assim, portanto essa sua acusação carece de fundamentos sérios.

    Você Diógenes diz: “Vejo que Junialdo expressou seu modo diferente de entender Deus, e despertou com isso algumas antipatias, mas em nenhum momento vi de sua parte agressão verbal de cunho pessoal, até ser atacado por esse cidadão que simplesmente começou a atirar pedras sobre a sua pessoa, tratando-o e destratando-o de forma preconceituosa e até com gabolices atípicas de uma pessoa de Deus”.

    Vejamos Diógenes a maneira inocente do Junivaldo ver Deus e suas brandas palavras segundo a sua interpretação.

    Junivaldo diz:

    “Não entendo a genealogia dessa cegueira cultivada. Essa mitologia hebraica.
    (chama a bíblia de um conjunto de fábulas inventadas).

    “Essa cosmogonia genesíaca”.(Diz que a origem da criação de Genesis é fundamentada em mera hipótese sem valor algum)”.

    “Por que as pessoas acreditam tão cegamente nesses dogmas(Ensinamentos bíblicos) herdados de povos(Judeus) tão fracos e inseguros de si?” (arrasa com todos os ícones da bíblia)

    “Por que se auto-intitulam “os escolhidos” esses tartufos de uma figa”. ( afirma que os crentes são Indivíduos falsos, pilantras que ocultam os seus vícios sob a capa da religião)

    Já não existe o cristianismo no mundo ocidental”. ( afirmação que todos os cristão são mentirosos)

    “Essa gente posando de cristão num mundo luciférico, luciférico porque assim o fizeram”.(taxa todos os crentes de fomentadores do mal)

    “Não existe religião(cristianismo), o que existe é fidelidade partidária”.(afirma que os cristãos estão advogando em causa própria, o que os torna injustos e corruptos)

    “Cristão, cristão… Jesus, o Cristo, Paulo, o Apóstolo, Gandhi, o Indiano, e Francisco, o de Assis, o resto é mentira”.( de novo chama todos os cristãos de mentirosos)

    É isso nobre Diógenes é o que você chama de “maneira diferente de ver Deus” e sem agressão?

    Quer dizer que eu afirmar dentro de um circulo cristão, e esse blog é um blog de cunho cristão, que a religião dos povos indígenas é fundamentada em espíritos ruins segundo o cristianismo,isso é faltar com o respeito. Mas alguém de outra religião pode vir arrasar o cristianismo num circulo cristão e isso não passa de expressão de opinião?

    Nobre Diógenes, quando sugeri que acreditar em Duende era absurdo você me questionou. Mas quando o Juni afirmou a mesma coisa sobre o cristianismo você calou?

    Isso é o que você chama de respeitar a opinião de todos? Francamente Diógenes você foi extremamente partidarista e tendencioso. Isso sim é muito feio, você não acha! Nobre Diógenes você foi tão tendencioso e insensível que o único erro que você conseguiu enxergar no nobre Juni foi o de insistir na discussão, e ainda classificou as palavras do Juni de sensatas ?

    O Que é isso…? Dois pesos e duas medidas…? Que noção de imparcialidade é essa sua Diógenes?

    Entretanto quando você me classificou de orgulhoso Diógenes, isso eu não tenho como negar. Sei que Isso fica feio num cristão, muito embora que para o resto do mundo esse defeito seja visto como um tempero a mais da personalidade. Pessoalmente tenho tentado lutar contra esse sentimento ruim.

    Quanto a respeitar a fé, o ponto de vista de alguém, não tenho absolutamente nenhum problema com isso, nem que a fé se projete num Duende. Usei o Duende como argumento porque o cristianismo estava sendo colocado pelo Juni como absurdo. Então argumentei pela razão que alguém que acreditava no mito da Atlântida, bem pode acreditar em Duende, e dessa forma se torna desqualificado para questionar a veracidade do cristianismo ou não. Apenas isso. Não me perturbo nem me importo absolutamente com nenhuma religião, credo ou filosofia, de nenhum tipo. Só não admito que alguém venha tentar diminuir e supervalorizar seu credo pessoal as custas do cristianismo e fique sem resposta. Ou será que alguém aqui pode ver a própria mãe ser difamada e ficar calado?

    Você nobre Diógenes até esqueceu que eu concordei com o Juni em parte de suas críticas, quando este criticou os falsos líderes que visam o lucro em nome de Jesus.

    Roberto diz: “quem não desconfiar desse gênero de “bom” samaritano(maus pastores) citado por você, ou é novo na fé, ou então é tão corrupto quanto ele. Das duas uma! Todo Cristão genuíno tem nojo de homens como esses que você citou, e agimos diametralmente oposto a eles. Mas você, como como um inquisitor da idade das trevas, quer a força, nos colocar no mesmo saco”.

    Agora jamais poderia tolerar ver o nobre Juni “chutar o pau da barraca” e ficar por isso mesmo. Ele foi vítima daquele ditado,” Quem fala o que quer, ouve o que não quer”.

    Há propósito, sou cristão convicto. Já tive meu período incoerente de “pé duro”, mas hoje batalho para seguir Jesus de perto. Por favor não confundir cristão com otário. São coisas diferentes!

    Curtir

  53. Junivaldo Sá
    14/01/2011

    Para Roberto Aguiar

    Cara, Já me borrei de rir das suas contradições e da sua ignorância cultivada. Isso já até me inspirou a fazer uns versinhos pra você. Receba por favor, com carinho… e humildade.

    “Ó pai da verdade!

    Ó criança enroscada em seu próprio umbigo!

    Tu que te achas fruto da árvore da vida

    Na verdade é plantinha cultivada num pinico.”

    Se gostou, responda. Se responder… também te amo.
    Você é folclórico. Já te levei mais a sério! Agora, só rio.

    Curtir

  54. Junivaldo Sá
    14/01/2011

    É engraçado. Tive observando… Não há muita diferença entre o que você diz e um livro de Nietzsche. Desconfio que você está mais perto do “Doido Varrido” do que do “Cordeiro de Deus”.

    Você é como o dispéptico, envenenou-se com sua própria pepotência e sentimento de vingança. Você é intransigente, o cristão menos cristão que já conheci. Por isso não consigo te levar mais a sério, mesmo tentando.

    Ah, e como disse o nobre amigo Diógenes, não venha me cobrar pelo que eu não sou. Eu sou o que sou pq vivo da minha maneira! E não venha com essa auto-defesa inútil e repetitiva de que estou me fazendo de vítima, porque já disse, que não me sinto vítima nem culpado de nada, pois não estou sob o domínio da moral (esta é a transvalorização dos valores, meu caro!). Eu desconheço a autocomiseração!

    Agora você já pode tirar a máscara. Vá para o seu quarto. Tranque a porta. Leia sob o seu cobertor o seu “Sobre a Genealogia da Moral”, e assuma de uma vez por todas o seu lado Übermensch. Ou então vou continuar te chamando de hipócrita, fariseu tocador de trombetas.

    E depois disso tudo “Durma com os anjos”. Em paz…

    E que seu travesseiro lhe deixe dormir.

    (Ah… e por gentileza, não me faça mais rir, já não estou aguentando)

    Curtir

  55. silas malafaia
    22/01/2011

    Olá a todos vesse para de fica brigando e vão pregar a palavra enquanto vcs brigam por esses caras que não estar nem ai para vcs vão fazer o que é de melhor pregar a palavra a tempo e fora de tempo!!! joao 8 vers 32 e conhesereis a verdade ea verdade vos libertara…

    Curtir

  56. silas malafaia
    22/01/2011

    oi

    Curtir

  57. silas malafaia
    22/01/2011

    proucura uma igreja mais perto de vcs !! um abraço a todos e apaz do senhor…

    Curtir

  58. di alencar
    24/01/2011

    um comercial de um boneco com a suposta face de Jesus no mesmo blog em que o cara critica acidamente o filme Avatar pelas supostas apelações panteístas sem nem mesmo observar que o filme é uma grande crítica à ambição destrutiva que domina o ser humano atual e que inconsequente e inconscientemente devasta tudo que vê pela frente em nome do poder e do dinheiro?! estranho. por acaso Deus quer que destruamos a terra? Deus é a favor do que fazemos em prol de materiais tão supérfluos como os bonecos aqui promovidos? não podemos amar a Deus e amar o planeta que ele nos deu para viver? devemos deixar de lado as questões ambientais por que fazem parte de uma idéia panteísta? ora, mas se eu provenho de Deus em partes não sou parte dEle

    Curtir

  59. Emmanuel
    13/05/2011

    …se o teu olho for bom, todo o teu corpo será luminoso…

    Curtir

  60. Eduardo
    09/06/2011

    Pessoal, querem uma correção fraterna? Estude Teologia antes de fazer julgo. Por que este assunto é complicado dependendo de cada interpretação. Tem o lado bom da filosofia e tem o lado ruim. Tenho a sincera certeza que se perguntar é excelente, mas pessoas! Acordem e pensem pensem e analise a Bíblia e outras fontes confiáveis. Outra… Se você for Cristã (eu católico) é interessantíssimo estudar e ler esses artigos para saber o que o mundo jovem e adulto pensam sobre a mídia. Se você começar a pesquisar mensagens subliminares e acreditar em tudo ou não ter uma base e parar para pensar em duas semanas, lendo 3 horas por dia esses artigos, pode procurar um psiquiatra que você já estará louco delirando e levando talvez à morte.

    Curtir

  61. Saffy
    25/06/2011

    Creio que quem diz que o filme è demoniaco nao è fanatico. Nao è questao de fanatismo, cada um tem o direito de dar a sua opiniao, ninguem è obrigado a acreditar em nada , cada um tem sua crença e creio que seja feio criticar, porque temos que respeitar as crenças dos outros atè se nao concordamos.
    Sinceramente quando assisti um filme me senti um pouco mal, tive uma sensaçao estranha, me bateu uma tristeza . Depois comecei a pesquisar sobre o nome avatar, o que significa e vi que vem do sanscrito, que significa descido do cèu. Nao falo de religiao agora, mais da Biblia : a Biblia nao adimite reencarnaçao, e os unicos que desceram do cèu foram Lùcifer(ele foi jogado, expulso) pela sua rebeldia contra Deus, por querer ser como o seu Criador e roubar o seu trono e o outro foi o proprio Jesus Cristo, que veio (de espontanea vontade) para que tivessemos de novo um relacionamento com Deus, coisa que nao era possìvel porque o homem deu espaço ao pecado e preferiu adorar outros deuses e fazer coisas terrìveis (ver història de Noè) do que adorar o unico e verdadeiro Deus. Jesus literalmente nos salvou de um destino infernal, porque hoje , atè se erramos, Deus nos perdoa, porque Jesus se sacrificou para nos dar a liberdade, a vida, nos da isto GRATIS e o fez por amor porque somos Sua criaçao.
    Fiquei triste proprio porque o filme realmente induz ao culto a natureza…agora, a natureza foi criada por Deus, entao porque tenho que adorar a criatura e nao o Criador??? O que a criatura pode me dar?paz, amor, paciencia, prosperidade???Melhora a minha vida em algum modo?A muda? Ela è sò uma criatura, nao pode fazer nada por nòs. Quando um inventor cria alguma coisa, sò ele conhece realmente e claramente os mecanismos do sistema que criou e sò ele vai poder consertar perfeitamente a invençao, nao??? E’ a mesma coisa! Sò Deus pode nos dar o que precisamos, porque foi Ele que nois criou, è simples.
    Nao existe e nunca existirà nenhum outro alèm do filho de Deus que possa nos salvar, Ele jà o fez 2000 anos atràz, dando a sua vida para que nao vivessemos no inferno, sendo torturados pela eternidade…isso è amor, isso è fazer algo por alguem, coisa que nenhum deus das vàrias religioes que existem podem e nem poderao fazer.
    A maior astucia de Lùcifer è fazer com que as pessoas acreditem que ele nao existe…ele se esconde atraz de imagens, se fazendo chamar deus, nos faz adorar a criaçao como o sol, a lua, a natureza, atè mesmo os proprios homens nòs adoramos, e no final, cade a mudança???Ele te da uma falsa sensaçao de paz e armonia interior para te manter preso aquilo, ligado a ele, e a maioria cai, mais voces tem que se perguntar, CADE A MUDANçA??? Tem que mudar alguma coisa nao?uma mudança permanente, tem que se ver os frutos, coisas que com esses deuses, nao se veem…as pessoas sao sempre as mesmas, a vida em geral è sempre a mesma.
    Eu nao gosto da religiao, a religiao destroi e mata, eu falo de conhecer realmente Deus, Jesus e o Espirito Santo e ter um real relacionamento com Eles, como com um pai ou um melhor amigo. Vos convido a provar a falar com sinceridade com Deus quando voces estiverem sozinhos, nada de oraçoes formais, mais uma conversa franca como se estivessem falando com um amigo.
    Se voce provar e nao acontecer nada, voce nao vai perder nada, mais se provar e acontecer, voce vai entrar na aventura mais gostosa e bonita da tua vida! Eu os desafio de verdade e depois me digam o que aconteceu. Façam uma prova!

    Curtir

  62. Francisco de Assis Ribeiro Sanguinetti
    03/08/2011

    Os satanistas de plantão conseguem ver fantasias em todos os lugares, Agora Krishna é o vilão, o próprio cristianismo foi criado por Um Rei que sempre acreditou no Sol como se fosse um deus, e que usou as superstições do herege Paulo para criar uma religião de supersticiosos.
    De fato me poupem, onde reside em vocês o bom senso, os verdadeiros seguidores de Jesus no princípio, ou seja no primeiro século eram todos judeus, Jesus era um judeu, jamais pregou trindade, mais os pais da Igreja (católica) acabaram por dar a ideia, por causa de Paulo, que fez todos acreditarem em Jesus como um deus. Assim em Nicéia (325 divinizaram Jesus, derrotando o padre Ário e seus partidários, que jamais aceitaram que Jesus Cristo fosse Deus igual ao Deus Pai de todos os Judeus, na verdade para os cristãos Jesus nem mesmo judeu parece ter sido pois não se segue o que ditava Jesus sobre o novo judaísmo que ele pregou.
    Quantas besteiras ainda vão inventar? Todo filme que surge é uma apologia ao satanismo, me economizem que eu duro mais tempo.

    Curtir

  63. Saffy
    03/08/2011

    Leia o novo testamento e verà que parte do que o senhor disse nao è correto. Depois , se o senhor quiser acreditar no que disse, cada um è livre de ter a sua propria opiniao, mais nao muda o fato que por traz de alguns filmes e atè desenhos pra crianças tem sim menssagens satanicas (jà ouviu falar em mensagens subliminares??????) , claro que nao em todos , mais em boa parte sim . Demonios esistem, Satanàs esiste e ele quer sempre se infiltrar em nossas mentes, para crermos que o que è errado, o que è ruim e vem dele è bom . Se o Senhor puder leia o novo testamento e me faça saber.

    Curtir

  64. Francisco de Assis Ribeiro Sanguinetti
    03/08/2011

    De fato neste ponto o Sr tem razão, quantro as mensagens subliminares não sou ignorante sobre o assunto, mais para que dar atenção a estes fatos? Tem coisas mais importantes do que isto para se ver, dar atenção a espíritos rebeldes é uma prova do baixo nível em que estamos, os sábios não se encantam e nem dão atenção a isto. Quanto ao cristianismo não retiro uma única palavra do que disse acima.

    Obrigado.

    Curtir

  65. Saffy
    04/08/2011

    Nao estamos em um baixo nìvel porque damos atençao a pequenas coisas. Pequenas coisas juntas formam um grande problema. O inimigo trabalha tambèm usando pequenas coisas proprio para que nòs nao demos importancia, assim achamos que nao tem nada a ver , dizemos que nao sao importantes e que existem coisas mais importantes do que isto para se ver e no entanto ele entra nas nossas vidas, planta a sua semente de destruiçao e assim vai. Pequenas coisas aqui e ali, nada de importante dizemos, mais depois todas aquelas pequenas coisas que o diabo plantou em nossas vidas viram uma grande porta para ele entrar e ter legalidade para fazer o que quiser nas nossas vidas, e depois para sair è dificil . Um abismo chama o outro, devemos prestar muita atençao. O diabo se aproveita proprio da nossa falta de atençao com ele, assim ele pode agir livremente! Jesus disse que a palavra de Deus seria loucura para os sabios, os confundiria, por isto lhe digo que nao è falta de sabedoria tomar conta da nossa alma, cuidar da nossa mente e prestar atençao atè nas pequenas coisas que, com o tempo, podem nos destruir,,,isto sim è sabedoria.
    Ah, se o senhor quiser cplher um desafio, leia o novo testamento e veràs que certas suas convicçoes sobre o cristianismo estao realmente erradas…sò pra conferir.
    Agradeço a sua atençao e obrigado por responder.

    Curtir

  66. cu
    27/08/2011

    vao toma no cu

    Curtir

  67. Marinho... Paciência é a ciência da PAZ!!!
    29/08/2011

    Jesus era um Avatara… E todo o conhecimento que ele tentou nos passar… sobre o amor ao próximo e o respeito sem distinguir… O respeito a tudo que está vivo… encontra-se claramente no filme.
    O amor incondicional é possível… basta queremos!!! E Jesus sempre soube… que somos capaz disso… De alcançar essa plenitude… E o filme Avatar mostra nossas duas faces … “O ignorante a procura de bem material… e Nós quando estamos aprendendo a RESPEITAR de verdade o Próximo. Muito lindo o filme… Uma obra Prima!!! Mas quero deixar claro… que é apenas a minha ótica sobre o filme.. respeito todas as outras visualizações… e acredito que é dessa forma que aprendo mais… ABRAÇO AMIGOS!!!

    Curtir

  68. Elcidio
    28/10/2011

    Avatar é um filme com messsagens diabolicas . O Espirito Santo fala ao nosso Espirito o que é verdade . Avatar exalta o lucifer e nao a Deus . Genesis 1.1 is the foundation of truth . Amen

    Curtir

  69. Wagner
    29/10/2011

    deixemos o passado onde ele esta
    sem nunca esquecê-lo
    ser ponderado é uma virtude

    vivamos o agora e da forma como melhor acreditarmos

    Briga de namorados é que não dá!

    Curtir

  70. eDUARDO
    18/12/2011

    POR ISSO EXISTEM TANTOS HOMENS BOMBA, UM BANDO DE FANÁTICOS… SEUS CRISTOES DE MERDA É APENAS UM FILME. ESSE QUE SE DIZEM CRISTOE SE TIVESSEM CRECSIDO EM CULTURAS MULÇUMANAS CERTAMENTE SERIAM TERRORISTAS.

    Curtir

  71. Arcanjo
    14/01/2012

    PATETICO!!
    Vou te dizer uma coisa caraÇ VC É RIDICULO!!
    Sinto pena de mentes como a sua, adulta, estudada e memso assim só a usa pra ver merda ate nas melhores coisas!
    É SÓ UM FILME!!
    Alias, é mais do que isso, é um filme muito bonito.
    Agora nativos vivendo a sua vida, lutando pelo que acreditam e pela terra que vivem é algo demoniaco?? Diabolico???
    O unico que mal que vejo aqui é vc, pois só o mal ve o mal em tudo!


    E, sinceramente…essa sua comparação com os sacerdote Maias…POR FAVOR!!
    Que vc é um idiota ignorante eu já vi, mas hipocrita…já é demais!
    Vc parecer ser um otimo manipulador…ops! Eu quis dizer conhecedor da biblia, então vai de certo lembrar de algumas passagens bem sangrentas lá tbm!


    A religiosidade Maia não tem ABSOLUTAMENTE NADA de semelhante com a apresentada no filme

    Curtir

  72. washington
    03/02/2012

    CONCORDO COM A VISÃO CRISTÃ , A PRÓPRIA HISTÓRIA NOS MOSTRA COMO ERA TAIS RITUAIS . E SEI QUE ESTA VISÃO NÃO NEGA A NATUREZA , MUITO PELO CONTRÁRIO ENSINA A VIVÊNCIA HARMONIOSA COM TODO O SER CRIADO ,PELO MENOS AQULES QUE LEVAM A SÉRIO A SUA FÉ , POIS TODOS PRECISAM DA NATUREZA . PARA MIM TODA CRIATURA DEVE SER RESPEITADA NÃO IDOLATRADA .

    Curtir

  73. André Pereira
    13/03/2012

    Não temos provas de que nehuma religião seja concreta, devemos ser criticos, e não escravos das religioes que se intitulam absolutas, pois estaremos dando tiro no escuro, sem saber o que realmente estamos fazendo, o filme traz uma mensagem de Amor a tudo que está a volta do povo, os animais, as plantas, dos quais as pessoas necessitam para sobreviver, e não é por que exite um planeta a 5000 anos luz de distançia que os habitantes tenha que pensar igual a nós, pobres seres humanos que não sabem de nada!

    Curtir

  74. VAL
    27/03/2012

    NOSSAAAAAA! FIQUE IMPRECIONADA COM TANTA INTELIGÊNCIA EXPRESSADA NOS COMENTÁRIOS.
    VCS REALMENTE MERECEM UM OSCAR POR TANTA BABOZEIRA. SE ESSES COMENTÁRIOS FOSSEM CONTABILIZADO COM ALDIÊNCIA AS NOVELAS DA GLOBO ESTARIAM FERRADAS.
    PARABÉNS!
    ESTOU AGUARDANDO NOVOS COMENTÁRIOS.

    Curtir

  75. Roberto Aguiar
    28/03/2012

    Caro André, acho que a frase mais coerente seria, “Eu André não tenho provas…” Pela forma absoluta como fala, você deva ser um profundo conhecedor das religiões do mundo, tendo inclusive lido os livros sagrados, como a bíblia, várias vezes… Porque se isso não for verdade, sua fala faz de você um mero especulador.

    A definição de especulador é a de alguém que se expressa baseado em suposições e não em Fatos.

    Por exemplo: Ao mesmo tempo que implicitamente em sua fala você desconsidera bíblia, um livro documental de 4000 anos, paralelamente você considera a existência de vida inteligente em outros planetas. Tanto para uma coisa como para outra você carece de fontes concretas que comprovem suas afirmações.

    Falar baseado em sentimentos pessoais ou impressões alheias não comprovadas, não faz muito sentido…

    O filme é uma obra de arte inegável, prazeroso de ser ver e um marco na história do cinema. A matéria postada não tem o objetivo de denegrir ou tirar o mérito dos profissionais por traz da película. A matéria se limita a revelar quem é o diretor por traz da obra, e qual a mensagem filosófica que este procurou passar.

    Numa coisa concordo com você, …Os seres humanos não sabem de nada…

    Curtir

  76. Francisco de Assis Ribeiro Sanguinetti
    28/03/2012

    Amigo Roberto.
    Acredito que religião é para religar o homem a D’us, esta religião sugere uma sucessão de provas espirituais nos mundo do Pai Celeste. Nosso Planeta já passou por várias transformações, muitos nascimentos no físico e muitas idas e vinda de seres a este plano de matéria mortal. Os Ava tares sempre foram mal entendidos, e sempre mal vistos e muitas épocas, os esforços de muitos, suas vinda e suas idas foram retratadas como sendo a vinda de “divindades”, até certo ponto podemos ver assim, mais “um só D’us”, e o mandante de todos eles, se ao invés de serem postos como servos eles ganharam o rotulo de deuses, isto se deve a ignorância dos nosso antepassados que igual a muitos de nosso dias, cometem erros deste tipo. O Senhor Krishna que era profeta na antiga índia declarou na BhagavaD Gita o seguinte no capítulo 4 versículo 5 – “Muitas vezes já nascemos, eu e tu; tu, ó vencedor, esquecestes os teus nascimentos; eu, porém, conheço todos os meus”. O profeta lembra de todos os seus nascimentos na terra, mais Arjuna com quem ele falava não tinha o mesmo grau de adiantamento por tanto “esquecerá dos seus”. Já no ca´ptulo 9 versículo 22 e 23 O Profeta tido como deus diz: “Mas os iluminados que só a mim cultuam e não desejam outras coisas, repousando só em mim, o Único, esses alcançam o seu ser em mim.
    Porém no 23 ele diz: “Quem de boa fé e com sinceridade, cultua outros deuses, por não me conhecer, o Eterno, esse me cultua, e o perfume do seu sacrifício sobre ao meu trono, e eu o aceito.
    Vale lembra ao amigo, que o Senhor Krishna viveu cinco mil anos antes de Yeschua (chamado de Jesus).
    Que a Chalon seja com você sempre.

    Curtir

  77. joao
    02/04/2012

    Após ler a discussão sobre o filme Avatar poderia-se citar outros precisamos ter em mente o seguinte . Não é problema assistir um filme o problema é quando nos falta visão da verdade. Tem filmes muito bons que são verdadeiro exemplo de vida não assisti Avatar mas assisti a um filme de artes marciais que ere um grande exemplo de vida, com ensinamentos para nossa vida. Mas o grande segredo é o dissernimento das coisas. Tem muitos filmes que parecem inofensivos mas podem nos influenciar uma vez que todos somos influênciados por alguém ou alguma coisa. Por isso precisamos mais do que nunca ter um conhecimento dos ensinamentos bíblico e pedir a Deus que nos conceda a clareza o discernimento das coisas pois so assim podemos fugir das armadilhas, mesmo assistindo um filme, participando de uma festa, convivendo na sociedade mas para isso preciso estar vestido com a couraça da justiça a espada do espírito e o capacete da salvaçao. Que Deus abençoe a todos.

    Curtir

  78. Roberto Aguiar
    09/04/2012

    Nobre Francisco, saudações!

    Valioso, já fui fã de Gandhi, inclusive o nome dos meus filhos são hindus, Satya(Verdade) e Sammy(Discípulo), tudo isso por causa da influencia de Gandhi.

    Já tive uma edição do Bagavadguitá, que me pediram emprestado e nunca mais devolveram… Para os que não conhecem, é a bíblia do hinduísmo.

    Apesar dos escritos sagrados do hinduísmo serem mais antigos que a bíblia, comparando livro por livro, o Bagavadguitá deixa muito a desejar…

    Esplico…

    A bíblia é um livro documental, tanto que é usanda em qualquer curso superior de história e arqueologia. Já o Bagavadguitá está mais para folclore do que para a realidade… Quem, em sã consciência consegue entender uma linha, sem precisar de “tradutor”…?

    Quando abrimos qualquer livro de história, onde os livros apontam o surgimento da civilização? Onde a bíblia diz, no crescente fértil da Babilônia, entre os rios Tigres e Eufrates. Já o Bagavadguitá…

    Na bíblia encontramos a narrativa de personagens famosos da história secular, como o rei Nabucodonosor da Babilônia e o Grande rei Ciro da Pérsia, cidades famosas que duram até hoje, como Jerusalém, Tiro, Sidon, todos fatos que possuem registros fora da bíblia também.

    Já o Bagavadguitá, só conta uma porção de histórias que você tem que engolir a força, pois não existe nenhuma base concreta de que aquilo aconteceu de verdade. A história de Noé e o dilúvio, são café pequeno, se comparado as “viagens” do Bagavadguitá.

    Reconheço que é preciso muito mais fé para acreditar no Bagavadguitá do que na bíblia, porque os absurdos são muito maiores.

    E como último argumento porque não consigo acreditar no Bagavadguitá, é pelo que esse livro fez com o povo indiano. Acho que temos a obrigação de comparar um livro sagrado pela evolução de sua sociedade. A Índia infelizmente, e não digo isso com nenhum prazer, é um país de miseráveis sofredores. É uma nação de analfabetos que nem sequer possuem o básico para viver. Temos que creditar essa desgraça do povo a religião que eles professam.

    Já o povo que nos deu a bíblia… Veja a vida desse povo… Nenhuma etnia humana possui mais prêmios Nobel do que os Judeus, sinônimo de superioridade intelectual …

    Os Judeus, a única democracia do oriente médio, com apenas 64 anos de vida, com um território menor que o estado do Ceará, dos quais 50% é deserto, que chove muito menos do que no nordeste, e ainda assim, é país de primeiro mundo.

    Já a Índia, com seus 5000 anos de história, não passa de uma nação de miseráveis… Os fatos não me deixam mentir…

    Um abraço nobre Francisco!

    Curtir

  79. junivaldo
    12/04/2012

    Saudações, Roberto Aguiar. Quanto tempo!

    Penso, caro amigo, que se fôssemos seguir a Bíblia também ao pé da letra estaríamos no mesmo estado de estagnação dos indianos, já que nos incentiva à subserviência, remorso, humildade e servidão. Quanto à miséria deles, pior que a miséria material é a miséria espiritual, nisso os vejo maiores do que o cristão ocidental, preocupado em satisfazer suas “necessidades” (vaidades) capitalistas.

    Saudades…

    Curtir

  80. LUIZ ALBERTO DE OLIVEIRA
    14/06/2012

    POR FAVOR PAREM DE TEORIZAR E CORRAM PARA PRATICA RESPEITANDO A OPINIÃO DOS OUTROS E PRINCIPALMENTE IMITANDO O MESTRE QUE Ñ JULGAVA SEGUNDO A CRENÇA MAS CONDENAVA A HIPOCRESIA…….

    Curtir

  81. LUIZ ALBERTO DE OLIVEIRA
    14/06/2012

    E OUTRA O APOSTOLO PAULO DIZ NA CARTA A OS ROMANOS QUE TUDO É PURO PARA OS PUROS E SÓ QUEM AINDA Ñ PASSOU PELO PROCESSO DE PURIFICAÇÃO NAS ÁGUAS DO ESPIRITO CONSEGUE ENXERGA DEMONIO EM TUDO POSTO Q SEU CORAÇÃO AINDA SE ENCONTRA COBERTO PELO VÉU DA IGNORANCIA BJS…..

    Curtir

  82. sergio costa
    18/09/2012

    Jesus Cristo e´ o Senhor

    Curtir

  83. Uma Amiga de Luz
    14/10/2012

    Uma das poucas certezas que temos meus caros, é que ninguém é dono da verdade absoluta, todas as religiões tem suas ‘falhas’ nenhuma é perfeita a nós cabe apenas ter disernimento e saber tirar de cada uma algo de bom para propria evolução que isso que importar é crescer e evoluir espiritualmente e junto podermos fazer um mundo melhor para as proximas geração. E se Deus nos deu livre arbitrio e disernimento foi para que sozinhos pudessemos desistir sobre nossas proprias vidas que nem mesmo Ele interferir porque nos taremos o Direito de interferir. Outra cada um acreditar no que quer cristianismo não é melhor e nem pior que o paganismo são apenas visões diferente de ver Deus e o mundo.

    Curtir

  84. Uma Amiga de Luz
    14/10/2012

    Religião é apenas entrada diferente para o mesmo lugar, mas claro que com sabedoria parar discernir as mais perigosas como as fanaticas e as extremistas que so levar a destruição.

    Curtir

  85. Arthemis
    17/12/2012

    O que eu vejo dentre todos os comentários é que existem pessoas ( ainda bem ) esclarecidas e pessoas absortas em ignorancia profunda.
    Pois, nao precisamos enumerar nem ficar discutindo sobre qual reliiao matou sacrificou mais pessoas por seu proprios propositos….a biblia em si ja é uma carnificina….onde quando “Deus” se irritava jogava sua ira e matava quantos fossem preciso.
    Sem falar na “Santa Inquisição” onde se um objeto caise no chao perto de alguem…pronto rea acusada de bruxaria e lá estava a pessoa sendo queimada viva…”quanta misericordia”.
    O que vejo nas pessoas ate os dias de hoje é que se ouvesse leis no mundo ainda pela intolerancia e odio religioso, percebo que mortes continuariam sendo cometidas.
    O que vejo nas pessoas e no comportamento delas, não sao possessao demoniaca ou idolatria e etc…O que vejo nas pessoas É FALTA DE RESPEITO PARA COM O PROXIMO E SUAS RESPECTIVAS ESCOLHAS, SEJAM QUAIS FOREM.
    ONDE NAO EXISTE RESPEITO E INTOLERANCIA, NAO EXISTE HUMANIDADE ALGUMA, PELOS COMENTARIOS QUE VI, PERCEBI QUE NAO ESTAMOS EVOLUINDO E SIM REGREDINDO MENTAMENTE…ISSO E LAMENTAVEL.
    TALVEZ FALTA O CATOLICISMO E A SANTA IGREJA ENSINAR O MAIS IMPORTANTE QUE TODOS DEVEM SABER E PRATICAR:
    O DIREITO DE UM INDIVIDUO TERMINA ONDE COMEÇA O DIREITO DO OUTRO…RESPEITO A TODOS OS SERES VIVOS EM PRIMEIRO LUGAR !!!!!!!!!!!!!

    Curtir

  86. bruno
    06/05/2013

    avatar não tem nada de paganismo eles mostram a verdade da criação a enorme verdade que o sistema religioso e a elite escondem da humanidade e mostram assim no filme de forma a banalizar a verdade transformando em ficção pros ingenuos.mostra a verdade que é o verbo o criador,mostra que religião não existe o que existe é o todo o universo conectado aos seres vivos,o criador do todo em comunhao com os seus mundos e criaturas exatamente da forma que eramos,como somos parte do todo.os homens que chegam do céu em pandora representam os anjos caidos,os avatares a imagem e semelhança dos anjos caidos(raça adamica) com os nativos onde tentam destruir a comunhao do todo com o mundo e as criaturas, narra o inicio de como foi nossa criação quando antes eramos unidos ao criador e depois que houve a guerra no ceu aqueles anjos que cairam criaram a partir do homem que ja existia na criação primordial a raça adamica que desencadiou o dominio e a tirania sobre as outras humanidades e causou todo esse engano que é a gente crer em sacerdocio e religioes que só nos afastam do todo,sacerdocio e religiao que é pra enganar sobre a verdade do criador e nos manter numa sociedade desigual tiranica e escravocrata,tudo que os anjos caidos desejam.!

    Curtir

  87. Carlos Sampaio Junior
    06/06/2013

    Pois é… enquanto alguns acreditam que filmes como Avatar não traz um mensagem esclarecedora, na verdade é exatamente isso que o filme faz… ajuda a expandir a mente, para todos que continuam seguindo a biblia como o livro da verdade! Atenção pessoal, a Igreja católica matava pessoas queimadas até por dizerem verdades com o “A terra é redonda”, pois pra controlarem o mundo não queriam que verdades fossem ditas, vocês acham que a biblia o livro mais vendido no mundo não é muito livre e cheio de acessos??? Vocês não consideram que ela foi alterada e deixaram nela exatamente as informações que “Eles” queriam? Muitas pessoas dirão; Deus não permitiria que a bliblia se alastrasse tanto se fosse mentira!, estão enganados, pois Deus permite que crianças sejam estupradas, que morram de fome, homicídios, sacrifícios, etc, etc, e porque ele permite? Por que existem as leis do universo e o tempo e forma de justiça do criador é diferente da forma que conhecemos, portanto infelizmente a biblia e uma das maiores mentiras que nos contaram, não completamente , mas parcialmente, afinal o livro foi adulterado… as religiões e o medo é a unica forma de controlar uma grande multidão. Respeito o autor da postagem bem como sua opinião, sempre siga seu coração. Paz a todos!

    Curtir

  88. Aparecido
    23/07/2013

    É pessoal, mais uma vez eu vos digo, qualquer trabalho que seja feita neste planeta, filme, documentario, sempre este pessoal leva para o lado religioso.

    Porque não aceitam as coisas boas, como por exemplo, os NAVIS, DEFENDIAM sua natureza com a morte.
    Veja o ser humano, DESTRUINDO tudo pelo interesse, grana.

    Porque o mundo que vivemos, não vive em comunhão como os NAVIS, lá é a deusa deles é somente uma.
    Veja aqui, tem tanto Deus, e demônios, que ficamos perdidos.

    Eu vos pergunto: QUEM REALMENTE ESTA PERDIDO: Os Avatares ou o SER HUMANO ??????

    Acorda seus egoístas, tudo aqui é sagrado, tudo não pode, tudo vai pro inferno, E VOCÊS ESTÃO DESTRUINDO NOSSO PLANETA, pois acreditam que foi criado por um Deus, que nunca aparece.

    Há, depois criticam a criação do cara, o filme Avatar, é uma demostração de como SOMOS EGOÍSTAS nas nossas atitudes.

    Isso que ele quis mostrar, que o ser humano é Burro, e somos, ou fingimos ser.

    Nosso planeta é nosso sustento para o presente e futuro, vamos cuidar mais dele, se não nossos filhos vão ter que procurar um planeta Pandora, e não vai demorar viu.

    Abraços, espero ter aberto um pouco a mente deste povo tão egoísta.

    Há meus Deus é o mesmo do seu, Jesus o salvador. Amém.

    Mas eu tenho outra visão das coisas, não sou egoísta como tu.

    Curtir

  89. Juliana Azevedo
    26/03/2014

    Muito blá blá blá e pouca ação! Todos discutindo o que é ou não certo e esquecendo realmente de quem precisa de amor! Acredito que Deus é amor e verdade! Luz do mundo e sal da Terra são aqueles que seguem o Eterno! Então não perco tempo em criticar, mas sim para iluminar e salgar! Vim para dar gosto, e não para amargar!

    Curtir

  90. celeste
    08/05/2014

    FANATISMO MAL DISFARÇADO. NEM ELES, NEM VCS PODEM CONCEBER DEUS, POIS NOSSA MENTE É POR DEMAIS INSIGNIFICANTE PARA TANTO. ASSIM, PROFESSO A FÉ NO DEUS QUE CABE NA MINHA TOTAL E ABSOLUTA IGNORANCIA, PELO MENOS NÃO CORRO O RISCO DE SER ARROGANTE.

    Curtir

  91. Ana
    08/11/2014

    Gostei do comentário sobre o filme, independente do que acham ou deixem de achar, a Bíblia é e sempre será a verdade absoluta para mim. Se alguém discorda, vai então falar com o autor dela e pronto. Essa é a minha opinião.

    Curtir

  92. Bruno
    27/07/2015

    Ate o primeiro parágrafo foi um texto bom. Até você cuspir sua prepotência cristã que acha que você é um escolhido que tem o direito de cuspir nas crenças de outras pessoas e demonizar tudo o que não te agrada.

    Curtir

  93. Samuel
    30/07/2015

    Parabéns pelo material. É realmente esclarecedor. Deus nos ajudará a combater o bom combate pela fé. Estes dias são realmente tempo de grandes dificuldades, porém a verdade triunfará. 2 Corintios 13. 8 — Nada podemos contra a verdade…

    Curtir

  94. Roberto Aguiar
    30/09/2015

    Me desculpe Bruno! Não foi essa a minha intenção. Mas entenda uma coisa, esse blog é de cunho cristão, e o cristianismo é essencialmente excludente quanto a cosmovisão de vida. Não existe na filosofia crista nada inclusivo quanto a ideias. Por outro lado, o genuíno cristianismo não exige que os outros pensem da mesma forma, para recebam tratamento de amigo, como parece ser o seu caso.

    Um Abraço!

    Curtir

  95. Meire
    06/02/2016

    Ué, lembro bem a passagem bíblica que Deus pede para Abraão o sacrifício de seu único filho, Isaac.. Isso desqualifica o cristianismo? E os filhos de Jó que foram mortos para testar a fé de Jó, conta como o que? Avatar é o melhor filme de todos os tempo, se a raça podre do ser humano tivesse, desde os primórdios, aprendido a conviver e a respeitar a natureza, hoje não estaríamos nesse mundo caos. Diabólico é esse mundo que vivemos, cheio de guerra entre religiões, gente matando gente, eliminando nações. Religião foi a pior desgraça que inventaram para extorquir dinheiro de gente leiga. Fé…. Fé é a única coisa que o seu Deus precisa de você. Seja ele quem seja. Antes do ser humano aprender a falar já adoravam deuses, até que veio um espertinho e resolveu criar o catolicismo. O padrinho com inveja do poder católico foi lá e o inventou o protestantismo e desde então vivemos em uma guerra de disputa de qual religião é a melhor. Será que todos os seres vivos que viveram antes do cristianismo foram queimar no mármore do inferno? Eu não vejo ninguém da umbanda atacando cristãos, não vejo nenhum hindu atacando cristãos, não vejo nenhum wicca atacando cristãos. Mas vejo demaaaaaiiiissss cristãos julgando as religiões que estão fora de seus padrões. Respeitar, é fundamental. Se Avatar é anti cristãos, desliga a TV. Sai do cinema, muda de canal. Vai lá assistir os 10 mandamentos que eu mesmo estou de água na boca para assistir as continuações do Avatar.

    Curtir

  96. Roberto Aguiar
    26/05/2016

    Prezado, para a ficção do filme nota 10! O que abordamos aqui foi o fundo do enredo do filme, que fala da mãe terra, que é um contesto real religioso de alguns povos. Só isso!

    Quanto a perseguição religiosa, você está desatualizado. Hoje o cristianismo é a religião mais perseguida do planeta, informe-se!

    Curtir

  97. Valkiquiria
    18/07/2016

    Caramba, como a religião e o fanatismo deixam tantas pessoas ignorantes e cegas. Isso que dá ler só biblia(qualquer que seja) e acreditar só nelas piamente, por isso que o mundo tá nessa m…. vide as guerra intermináveis em países como dos fanáticos Islâmicos por ex.

    Curtir

  98. Roberto Aguiar
    21/07/2016

    Ler a bíblia e praticá-la transforma as pessoas de agressoras em pacifistas. Só os ignorantes no texto bíblico pensam, sem base alguma, que a bíblia embrutece. Sobre a violência humana, você não deve ter lido a história humana, pois é a ciência e a cultura secular que mais produziram a miséria humana.

    Curtir

  99. Junivaldo
    08/08/2016

    Louvado seja o nome do Senhor, que é Eterno e Glorioso! Perdão aos que ofendi com a rispidez de minhas palavras, enquanto não tinha o Conhecimento de Deus. Abraços!

    Curtir

  100. Magno
    28/01/2017

    Vocês cristãos protestantes são verdadeiras aberrações. Deturpados em suas próprias crenças e exalam o odor fétido da ignorância sem limites. Fanáticos e hipócritas por natureza, acham-se suficientemente capazes de tentar enquadrar qualquer assunto dentro dos parâmetros limitrofes de suas crenças obtusas.

    Curtir

  101. Regina Márcia​ de Souza
    12/04/2017

    Bom ter cuidado,Deus é o criador nos criaturas sem fantasias …

    Curtir

  102. Lauro Chieza
    09/05/2017

    Conservadorismo e falta de mente aberta…. conseguem transformar um simples (e muito bom) filme em um apocalipse deliberado… Religiões e seus curadores… Deles sim temos que ter medo. E que (não) me corrija os inquisidores cristãos, se puderem.

    Curtir

  103. Lauro Chieza
    09/05/2017

    Conservadorismo e falta de mente aberta…. conseguem transformar um simples (e muito bom) filme em um apocalipse deliberado… Religiões e seus curadores… Deles sim temos que ter medo. E que (não) me corrijam os inquisidores cristãos, se puderem.

    Curtir

Nesse blog, 100% dos comentários são publicados, portanto contribua com sua opinião!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado em 13/02/2010 por em Reflexão Ácida.

Visitas certificadas pelo Wordpress. Primeira postagem Agosto/2008

  • 994,076

Clique para assinar este blog e receber notificações de novos artigos por email

Junte-se a 606 outros seguidores

A fonte da aflição humana

Nós como humanidade, mesmo tendo consciência da existência de Deus, não o consideramos como a um Deus, nem lhe agradecemos por nada, antes, em nossos próprios raciocínios nos perdemos. Em virtude disso, nosso coração enlouqueceu e se perturbou. Nos tirando por sábios, nos tornamos loucos. E, como esnobamos a Deus, o criador nos entregou aos nossos próprios sentimentos perversos, para fazer-mós coisas ruins uns com os outros. É precisamente assim que chegamos exatamente onde estamos.

Novo Testamento/Livro de Romanos/Capítulo 1/Verso 21,22,28.

“O questionamento e a crítica deve ser incentivado. Só que criticar não é o mesmo que fazer troça ou debochar, que é o que via de regra algumas pessoas fazem. A crítica só é possível com debate, ao passo que o escárnio leva ao combate.”
Um ateu.

“A verdade deve ter prioridade sobre o amor e o amor sem a verdade é uma falsa unidade.”

“A esquizofrenia do movimento evangélico moderno alcançou o nível de epidemia, e tem se alastrado, contaminado, e posto em risco até as tradicionais igrejas evangélicas cristãs.”

Progospel site cristão americano.

"A corrupção da sociedade começa por uma falha em chamar as coisas, pelos seus nomes próprios."

“Por meio de apresentações dramatizadas, os pastores fazem com que as igrejas se assemelhem a teatros; transformam o culto em shows musicais e os sermões, em arengas políticas ou ensaios filosóficos. Na verdade eles transformam os servos de Deus em atores cujo objetivo é entreter os homens.”

Spurgeon (1834 - 1892), pregador inglês chamado de o príncipe dos pregadores.

“A fé manifestada por Cristo não tem paralelo humano, ela divide o mundo”.

A.W. Tozer (1897 - 1963) foi um pastor, pregador, escritor, editor americano.

“O verdadeiro cristianismo é apolítico. A tentativa de misturar o evangelho a política é uma heresia antiga.”

"A experiência provê a dolorosa prova de que as tradições religiosas da igreja, uma vez formuladas, são primeiramente tidas como úteis, depois consideradas necessárias, até finalmente serem transformadas em ídolos. Todos têm que se curvar diante delas ou haverá punição".

J.C. Ryle (1816 -1900), brilhante aluno de Oxford, foi o primeiro pastor anglicano de Liverpool .

“O amálgama da psicologia com a Bíblia causa impacto destruidor sobre a mensagem do evangelho”.

David Robertson, pastor da Igreja Livre da Escócia, em Dundee e autor do livro “As Cartas para Dawkins”.

Alguns líderes de denominações evangélicas não fazem parte do que se chama a ‘Noiva de Cristo’. Eles são líderes de uma Igreja que há muito tempo traiu o Mestre”.

Richard Wurmbrand (1909 - 2001) foi um pastor romeno fundador da missão Voz dos Mártires. Wurmbrand passou 14 anos em prisões comunistas por pregar o evangelho.

“Deus não despede ninguém vazio exceto aqueles que são cheios de si mesmos”.

D. L. Moody (1837-1899), evangelista Americano.

“Ninguém descobre a cura para doenças por amor a humanidade. Como tudo mais, a ciência é apenas mais uma ferramenta para produzir dinheiro e glória”.

"Se você quer ser popular, pregue a felicidade. Se você quer ser impopular, pregue a santidade."

Vance Havner (1901-1986) pastor americano.

“Nenhum homem acredita que a Bíblia quer dizer o que diz, ele está sempre convencido de que ela diz o que ele quer dizer”.

George Bernard Shaw (1856 -1950) foi um escritor irlandês dramaturgo e premio Nobel de literatura.

“É difícil ver como o cristianismo pode ter um efeito positivo na sociedade, se não pode transformar a sua própria casa”.

John F. MacArthur Jr. (1939) escritor e pastor da igreja Grace Community em Sun Valley, Califórnia.

“É possível falar de amor para com os homens de tal maneira que Deus sai de cena. É possível começar a justificar a sua vida unicamente na base do quão "bom" você é para os homens. E, gradualmente, a diferença entre um cristão e a falsa ética humanista desaparece. Não porque o humanismo tornou-se centrado em Deus, mas porque o cristão tornou-se o centro de tudo”.

John Piper (1946) pregador e autor, pastor da Igreja Batista Bethlehem em Minneapolis, Minnesota-E.U.A.

“O grande poder do pecado é que cega os homens para que eles não reconheçam seu verdadeiro [mal] caráter”.

Andrew Murray (1828 - 1917) escritor e pastor sul-africano.

“Um sermão é pobre e sem efeito quando não deixa o ouvinte descontente consigo mesmo, e nem com o pregador”.

George Whitefield (1714 -1770) pastor anglicano itinerante. Seu ministério teve enorme impacto sobre a ideologia americana. Conhecido como o "príncipe dos pregadores ao ar livre" foi o evangelista mais conhecido do século XVIII.

“A humanidade está adquirindo a tecnologia correta para as razões erradas”.

R. Buckminster Fuller(1895- 1983)filósofo americano, teórico de sistemas , arquiteto e inventor.

“Eu considero que os principais perigos que confrontarão a igreja do próximo século será a religião sem o Espírito Santo; cristianismo sem Cristo, perdão sem arrependimento; salvação sem regeneração; e céu sem inferno”.

William Booth (1829 - 1912), pregador metodista britânico, fundador do Exército da Salvação.

“A menos que você tenha um compromisso sólido com a verdade, a Bíblia não vai mudar a sua vida, ela só vai ser um mar de palavras”.

Winkie Pratney (nascido em 1944) é um evangelista neozelandês, comunicador da juventude, apologista cristão e escritor.

“Se um homem se guiasse hoje em dia rigorosamente pelos ensinamentos do Novo Testamento, ele seria considerado insano”.

Robert Green Ingersoll (1833 - 1899) foi um ativista social, orador, agnóstico e inimigo da bíblia. Eis um sujeito que embora não cresse na bíblia, demonstrou tê-la compreendido muito mais do que a maioria dos que se dizem “crentes” nela.

“O cientista Charles Darwin foi o criador da teoria da evolução que diz que o homem vem do macaco. Essa ideia amplamente aceita pela sociedade, define a vida como a luta entre o forte e o fraco, o que é chamado de darwinismo social. Darwin definiu que o mais poderoso militarmente, psicologicamente, politicamente e em termos de tecnologia será superior aos fracos e oprimidos, e vai governar e subjugá-los. Esta idéia dominou a ideologia de Hitler e Mussolini, e conservando as devidas proporções, é um resumo da história da humanidade”.

“Para estar bem com Deus, muitas vezes isso significa ter problemas com os homens”.

A. W. Tozer (1897-1963), foi um pastor protestante americano.

“Deus não tem netos”

“O grande problema com a maioria dos pastores é que simplesmente não levam a sério o discipulado. Para nosso espanto, eles se satisfazem apenas com a confissão das pessoas de que desejam entregar suas vidas à Cristo, sem se preocuparem se elas vão ou não viver isso de fato”.

“Ou a bíblia me fará evitar o pecado, ou o pecado me fará evitar a bíblia”.

Dwight Lyman Moody (1837-1899), foi um evangelista americano.

“Ao contrário do que a maioria dos crentes imagina, no reino de Deus não existe independência nem democracia. A liberdade que nos é oferecida, jamais teve ou terá o sentido que desejamos. Que fique bem claro, que a liberdade ofertada pela bíblia, é liberdade do pecado, jamais significou liberdade para fazer o que se quer”.

“A Bíblia está sendo testada como o ferro em uma bigorna, espancada por muitos martelos. A Bíblia prova concretamente que é a Palavra de Deus por sua previsão impar de eventos futuros, além de todas as chances possíveis de erro, e isso tudo pode ser comprovado pelos fatos registrados na história. Sim, ela tem se mantido precisa.”

"Deus proibiu Salomão de comprar cavalos no Egito. Porque ele desobedeceu, e até casou com mulheres egípcias, perdeu a fé e se tornou um idólatra, mesmo com toda a sabedoria que Deus lhe havia concedido. Por isso, que ninguém se considerando sábio e ungido, se coloque acima dos outros cristãos, pois os que assim se julgam, como fazem os modernos apóstolos e profetas, acabam caindo na apostasia".

Mary Schultze escritora evangélica brasileira

"Nada na história, serve para ensinar aos homens a possibilidade de viverem em paz. É o ensino oposto que dela se destaca e se faz acreditar".

Paul Ambroise Valery [1871-1945], poeta, ensaísta e crítico francês.

"A morte perde metade de suas armas quando negamos em primeiro lugar os prazeres e interesses da carne".

Richard Baxter (1615 - 1691) foi um Inglês puritano líder da igreja.

"As pessoas na igreja não estão se voltando para Cristo, porque elas não têm senso de pecador contra o Senhor. Elas não estão convencidas do pecado pessoal, porque elas não sabem o que é pecado. Elas não têm noção do pecado, porque a lei de Deus não está sendo pregada de verdade".

Walter Chantry(1938) é um pastor de uma igreja batista na Pennsylvania.

“Pela lei da justa compensação, o coração dos que brincam com assuntos religiosos será destruído pelo brilho excessivo da verdade em que tocarem. Os olhos serão cegados pela luz que contemplam”.

A.W.Tozer (1897 - 1963), pastor americano.

“O que a história conta não passa do longo sonho, do pesadelo espesso e confuso da humanidade”.

Arthur Schopenhauer (1788-1860), filósofo alemão.

“As pessoas dizem que a cruz de cristo prova o quanto o homem é valioso. Isso é mentira! A cruz prova o quanto os homens são depravados”.

Paul Washer (nascido em 1961),fundador da missão HeartCry.

“A pessoa santificada é a única satisfeita no mundo”.

William Gurnall ( 1617 - 1679) escritor cristão Inglês.

“A história é apenas uma série de crimes e desgraças”

Voltaire (1694 —1778), filósofo iluminista francês.

“Nenhum homem começa a ser bom enquanto não se considerar mau”.

Thomas Brooks (1608-1680), pregador Inglês.

“Quando os homens começam a se queixar mais de seus pecados do que de suas aflições, começa a surgir alguma esperança para eles”.

Matthew Henry (1662 - 1714), pastor presbiteriano.

“A primeira e pior de todas as fraudes é enganar-se a si mesmo. Depois disto, todo o pecado é fácil”.

Philip J. Bailey (1816 — 1902), foi um poeta inglês.

“Dizer ‘Esqueça a doutrina, vamos evangelizar, é tão ridículo quanto uma equipe de futebol que diz "Esqueça a bola, vamos continuar o jogo"

Peter Lewis, é pastor da Cornerstone Church em Nottingham, Inglaterra, e autor de vários livros.

“Nada do que é de Deus é obtido com dinheiro”

Tertuliano (160 - 220 dC) foi o primeiro autor cristão a produzir uma obra literária em latim. Ele também foi um notável apologista cristão e um polemista contra as heresias.

“Eu sou um fã do homem, eu sou um humanista”

O ator Al Pacino no personagem do diabo no filme, “O Advogado do Diabo”

“Atribuirei todas as aparentes incoerências da Bíblia à minha própria ignorância”

John Newton (1725 - 1807) foi um pastor Anglicano, autor de muitos hinos incluindo o afamado,”Amazing Grace”.

" Ao tentar-mós inaugurar um reino que não é deste mundo, utilizando as ferramentas que são deste mundo , isso é não cumprir a meta que supostamente estamos procurando alcançar”

Cal Thomas é um cristão americano colunista sindical

"Quem quer que controle a mídia, as imagens, controla a cultura"

Allen Ginsberg , (1926 – 1997) poeta americano.

“Quem quer que controle a cultura, controla a vida das pessoas porque o homem é 100% um produto cultural”

“Uma grande parte da minha família foi assassinada. Foi na minha própria casa que seu assassino foi convertido. Foi também o local mais adequado. Assim, em prisões comunistas a idéia de uma missão cristã para os comunistas nasceu”.

Richard Wurmbrand (1909 - 2001) foi um pastor romeno fundador da missão Voz dos Mártires, passou 14 anos em prisões comunistas por causa do evangelho

“O auto-esvaziamento prepara o transbordamento espiritual”

Richard Sibbes (1577-1635) Foi um teólogo inglês, exegeta bíblico, um representante da espinha dorsal da teologia puritana.

“O mais querido ídolo que conheço, seja ele qual for, ajuda-me Senhor, a derrubá-lo do teu trono, e a adorar somente a Ti”.

William Cowper (1731 - 1800) foi um poeta cristão inglês. Um dos mais populares poetas do seu tempo. De muitas maneiras, ele foi um dos precursores da poesia romântica .

“Uma fé que pode ser destruída pelo sofrimento [ou pelas dificuldades] não é a fé verdadeira”.

Richard Wurmbrand (1909 - 2001) foi um pastor romeno fundador da missão Voz dos Mártires, passou 14 anos em prisões comunistas por causa do evangelho .

"Beber cerveja é fácil, destruir seu quarto de hotel é fácil, mas ser cristão é uma tarefa difícil. É a rebelião!"

Alice Cooper, famoso cantor e compositor de hard rock.( Jornal "The Sunday Times")

“O cristianismo genuíno faz questão de desmentir o refrão segundo o qual não se deve permitir que a verdade e os fatos estraguem uma boa história”.

“A história da ciência, como a história de todas as idéias humanas, é uma história de sonhos irresponsáveis, de obstinação e de erro”.

Karl Popper (1902 - 1994) foi um filósofo austríaco premio Nobel. Ele é considerado um dos mais influentes filósofos da ciência do século 20.

“É mais fácil dar qualquer coisa que tenhamos do que dar-nos a nós mesmos”.

Jonh Blanchard(1932) é um pregador cristão.

“Nada que não seja decorrente do amor pessoal a Cristo e da comunhão com Ele pode ter algum valor. Podemos saber de cor as escrituras, pregar com eloqüência e fluência considerável, com uma fluidez que as pessoas podem facilmente até confundir com poder de Deus. Mas não devemos nos enganar, se nossos corações não beberem profundamente da fonte principal, se o que nos incentiva não é o amor de Cristo que brota de uma realidade prática, o resultado de tudo isso será algo fugaz, passageiro!”

Charles Henry Mackintosh (1820-1896) foi um pregador irlandês, expositor da Bíblia, e autor.

"A verdadeira vida do crente, ou seja, a vida de Cristo nele é uma vida que está sempre brotando da morte".

Evan H. Hopkins (1837 – 1918) escritor cristão inglês

"Deus está esperando para encher as nossas vidas com o que é incrível, se a gente aceitar a nossa falência."

Ian Thomas (1914 - 2007) foi um escritor cristão inglês e professor de teologia.

"Deus pode cumprir promessas mesmo quando parece que ele as tenha quebrado, pode encontrar soluções onde as tentativas humanas fracassaram. Faz mais do que podemos fazer quando parece que está fazendo menos do que prometeu. Às vezes abertamente, às vezes secretamente, mas sempre com segurança. Ele é tão bom quanto sua palavra”.

Sra. Cowman (1870 – 1960) cristã americana co-fundadora da Sociedade Missionária Oriental

"A fé é dificultada pelo sentido da visão e pelo absurdo da nossa confiança na evidência externa. Nesse contexto, a prova em si é o invisível. Todas as coisas ao ar livre portanto devem ser removidas antes que possamos realmente acreditar. Então, enquanto nós olhamos para as coisas invisíveis, que são reais ... Deus as tornará reais de uma forma concreta ".

A. B. Simpson (1843 – 1919) pregador evangélico canadense, teólogo, autor, e fundador da Aliança Cristã e Missionária.

“A Fé vê Aquele que ordena todas as circunstâncias que nos rodeiam, a esperança vê além do que os olhos podem ver, a paciência dá força para suportar as provações a aquele a quem as circunstâncias não podem afetar”.

"Você não pode descansar sobre a sua própria interpretação das coisas que acontecem em sua vida. Você só pode descansar no Senhor. Confie no Senhor Jesus em seu coração. Reconheça-o em todos os momentos, e Ele abrirá um caminho que você nunca esperou. Essa é a promessa Dele!”

John MacArthur , pastor americano.

“A fé não resolve os problemas, mas se volta para quem tudo é possível. A fé não aborda as circunstâncias, mas o Deus da circunstância”.

“A bíblia ensina a servir sem atrair a atenção e trabalhar sem ser visto. É o contrário do que a sociedade ensina, mas é isso ai!”

“Ah, que alegria é ter nada, ser nada e ver nada além de um Cristo vivo em glória e não se importar com nada além de seus interesses aqui na terra!”

John Nelson Darby (1800 - 1882) foi um evangelista irlandês, influente entre os Irmãos de Plymouth . Ele é considerado o pai do moderno Dispensacionalismo.

“Aprendi a ser cada vez mais insatisfeito com tudo que não vem de uma comunhão permanente, profunda, divinamente forjada e em total conformidade com o Senhor. Caprichos pessoais, o ódio, as meras opiniões, eu as temo. As controvérsias, evito. Sistemas de doutrina, teorias, escolas de pensamento, em suma, cada "ismo" eu considero inútil. Minha esperança, no entanto é aprender mais da gloriosa pessoa de Cristo, sua obra e sua glória. E então, viver por ela! Trabalhar, testemunhar, pregar e orar, fazer tudo através de Cristo, e através do trabalho da sua graça em meu coração!”

Charles Henry Mackintosh (1820-1896) foi um pregador irlandês, expositor da Bíblia, e autor.

“Igreja é um hospital para pecadores, não um museu para santos”

Abigail Van Buren, colunista judia americana

“Segundo as palavras de Cristo, aquele que não perdoa o outro, detona a ponte que ele mesmo terá que atravessar”

George Herbert, (1593 – 1633) foi um poeta, orador e sacerdote cristão anglo-galês.

“Nós devemos nos lembrar de que a fé só é fé quando não sentimos nada e não vimos nada”

Peter Marshal (1902 - 1949), pastor presbiteriano.

“Em cada um de nós existem três pessoas: a que nós achamos que somos; a que os outros pensam que somos; e a que Deus sabe que somos.”

Leonard Ravenhill (1907-1994) foi um evangelista e autor cristão

“Todo cristão genuíno é mais competente do que qualquer psicólogo no que diz respeito ao aconselhamento.

Jay E. Adams (nascido em 1929) é um cristão americano reformado conhecido por livros na área do aconselhamento.

"Nós vivemos atualmente em um mundo evangélico onde a teologia é invertebrada, a moralidade é de água-viva, uma religião gangorra, uma filosofia cambalhota que nos diz o que já sabemos em palavras, mas que não entendemos de fato".

Robert GLee

“A tolerância dos evangélicos tornou-se tão tolerante que o mal está incluído no que é tolerável. Nós estamos em perigo de nos tornar-mós "vacas morais” em nossa obesa comodidade”.

Um missionário da Índia

Sobre crentes que distorcem o sentido da misericórdia bíblica: "Essas são as pessoas que hoje, com uma “bondade” doentia, estão tolerando professores de erros em nossos púlpitos, porque simplesmente elas são extremamente educadas e desesperadamente “amáveis”. Elas preferem permitir que o erro seja pregado e almas sejam enganadas do que ferir os sentimentos desse tipo de pregador. Como nos dias de Elias, Baal deve ser adorado para que não haja uma seca! É melhor o câncer matar a sua vítima do que o cirurgião cruel usar o seu bisturi para extirpá-lo!”

J. Sidlow Baxter ( 1903 - 1999) foi um pastor e teólogo Autraliano

"Em alguns círculos evangélicos, o medo da controvérsia é tão grande que os pregadores e as congregações se contentam com a paz a qualquer custo, até mesmo ao custo da verdade de Deus. A idéia é que a ausência de conflito é o ideal maior. A paz é um ideal bíblico... mas é a pureza? A paz da igreja nunca poderá ser comprada ao preço da pureza da igreja. Esse preço é alto demais ".

Jay E. Adams (nascido em 1929) é um cristão americano reformado conhecido por livros na área do aconselhamento.

"A era pós-moderna é a era de nenhuma verdade, ou onde qualquer coisa pode ser verdade. Esse pensamento está influenciando a igreja de Cristo.

"A oração não se destina a informar algo a Deus, mas dar ao homem uma visão de sua miséria, para humilhar seu coração, para excitar o seu desejo, para inflamar a sua fé, para animar a sua esperança, para elevar sua alma da terra ao céu."

Adam Clarke (1760 - 1832) foi um erudito teólogo britânico metodista.

“A maior parte do cristianismo evangélico é fundamentado em clichês. A maior parte do nosso cristianismo vem de músicos que se dizem cristãos e não da bíblia. A maior parte do que os evangélicos acreditam é ditado pela cultura secular e não pela bíblia”.

Paul Washer é pregador e diretor da Sociedade Missionária HeartCry

“A apostasia que a Bíblia nos advertiu que seria evidente nos últimos dias já está em pleno andamento. Somente aqueles que se mantiverem firmes com a Palavra de Deus serão protegidos e salvos. Este remanescente de crentes fiéis será visto como um antiquado reduto de mentalidades estreitas”

Roger Oakland Missionário da “Understand The Times”

“A fé da moderna igreja evangélica possui 100 quilômetros de largura por 1 centímetro de profundidade”

“Não perguntamos: ‘Cristo é seu Salvador', mas: ‘É ele, real e verdadeiramente seu Senhor?' Se Ele não for seu Senhor, então, com a mais absoluta certeza, ele não é seu Salvador”.

A.W. Pink(1886 - 1952) foi um evangelista cristão inglês.

“Quem vende propostas de baixo risco são comerciantes de mercadorias falsificadas. É exatamente isso que as igrejas modernas estão oferecendo”

"É impossível alguém se arrepender [segundo os padrões de Cristo] sem ter uma profunda decepção consigo mesmo"

A.W. Tozer (1897 - 1963) foi um pastor, pregador, escritor, editor americano.

"A simples aceitação de um ensinamento verdadeiro sobre a pessoa de Cristo, sem o coração ter sido ganho por Ele, e a vida ter sido devotada a Ele, é apenas mais outra etapa deste caminho "que ao homem parece direito", mas que cujo fim "são caminhos da morte".

A.W. Pink (1886 - 1952) foi um evangelista cristão inglês.

“ Nos dias de hoje, desconfie de qualquer “Best-seller”. Desconfie de qualquer um que for um furacão de vendas simplesmente porque a genuína verdade cristã jamais foi digerida pelas massas. A prova é que mataram o seu autor. Se caiu no gosto da maioria é falso. Lembre-se, Jesus se referiu aos seus verdadeiros seguidores como “pequenino rebanho”.

“Tu, ó Deus, bem conheces a minha ignorância; e os meus pecados não te são encobertos”.

Salmos 69:5

“A convicção de ignorância é a porta de entrada do templo da sabedoria.”

C. H. Spurgeon (1834 - 1892), pregador inglês chamado de o príncipe dos ´regadores .

“Agora, pois, eu, rei Nabucodonosor, louvo, exalto e glorifico ao Rei do céu; porque todas as suas obras são verdade, e os seus caminhos juízo, e pode humilhar aos que andam orgulhosamente”.

Daniel 4:37

“Alguns poucos crentes se protegem com Deus, mas a maioria se protege de Deus”.

“Não ajuntem riquesa na terra, onde a traça e a ferrugem tudo consomem, e onde os ladrões minam e roubam”.

Mateus 6:19

“Deus deliberadamente escolheu valer-se de idéias que o mundo considera absurdas e desprezíveis para envergonhar aqueles indivíduos que o mundo considera sábios e importantes”

1 Corintios 1:27

"A menos que um homem seja posto no nível de sua miséria e culpa, toda nossa pregação é vã. Somente um coração contrito pode receber um [o verdadeiro] Cristo crucificado".

Robert Murray McCheyne (1813 - 1843), foi um ministro da Igreja da Escócia

"Disse Jesus: Se vocês fossem cegos, não teriam culpa de nada", respondeu Jesus. "Mas a culpa de vocês permanece porque vocês afirmam que sabem o que estão fazendo".

João 9:41

"Muitos concordam que Cristo deva ser alguma coisa, mas poucos admitem que Cristo deve ser tudo."

Stuart Alexander Moody (1809 – 1898) missionário e pastor escocês.

"A natureza da salvação de Cristo é deploravelmente deturpada pelo evangelista de hoje. Eles anunciam um Salvador do inferno ao invés de um Salvador do pecado. E é por isso que muitos são fatalmente enganados, pois há multidões que desejam escapar do Lago de fogo que não têm nenhum desejo de ficarem livres de sua carnalidade e mundanismo ".

A.W. Pink (1886 - 1952) foi um evangelista cristão inglês.

“O temor do Senhor é o caminho para a sabedoria; os alienados desprezam essa sabedoria”.
Provérbios 1:7

“A palavra de Deus esta acima da igreja de Deus”.

Thomas Cranmer (1489 - 1556) foi uma importante figura da Reforma Protestante na Inglaterra e um dos primeiros mártires queimado em 1556 por heresia pela Igreja católica romana.

“Se dissemos que temos comunhão com Deus e andamos em trevas, estamos mentindo”.
I João 1:6

“É bom desmascarar os nossos pecados, para que eles não nos desmascarem”.

Thomas Watson (1620-1686), pregador e autor Inglês puritano

“Feliz o homem que não anda de acordo com a opinião das pessoas desligadas de Deus”.
Salmos 1:1

“A apostasia é uma perversão que conduz ao mal, depois de uma aparente conversão”.

Timoty Cruso (1656 -1697), pregador inglês puritano.

“Jesus estava no mundo, e o mundo foi feito por Ele, no entanto o mundo não quis conhecê-lo”.

Evangelho de João 1:10

“Quando procuramos honras, desviamo-nos de Jesus”.

Hugh Victor (1078 - 1141), escritor, filósofo, professor, um dos mais influentes teólogos do século XII.

"Pobre de quem considera a si mesmo sábio, e se tem como uma pessoa inteligente e sensata!"

Isaias 5:21

"O homem está naturalmente disposto a coroar qualquer coisa, menos Cristo".

Thomas Brooks (1608-1680), pregador Inglês.

“Deus irá julgar os segredos de todos os homens”.

Romanos 2:16

“Qualquer ensinamento que não se enquadre nas Escrituras deve ser rejeitado, mesmo que faça chover milagres todos os dias”.

Martinho Lutero (1483 - 1546) foi um monge agostiniano alemão, teólogo, professor universitário que após converter-se a Cristo desencadeou a reforma protestante.

“Paulo e Barnabé confirmavam os ânimos dos novos discípulos, exortando-os a permanecer na fé, e explicando que há que se suportar muitos sofrimentos até entrar no reino dos céus”.

Atos 14:22

“O começo da ansiedade é o fim da fé”.

George Müller (1805 - 1898), evangelista e diretor de obra missionária com orfanatos em Bristol , Inglaterra.

“Disse Jesus: Que a palavra de vocês se limite a sim ou não. O que passar disso é de procedência maligna”.

Mateus 5:37

“Qual é a vontade de Deus para a sua vida? Por que Deus deveria lhe dar mais algum conselho, quando você não está prestando atenção à direção que Ele já deu?”

O Dr. Schultz é Diretor do Departamento de História da Liberty University, ensina História da Igreja no Christ College, é também pastor da Westminster Reformed Presbyterian Church em Lynchburg, Virginia, E.U.A.

“Feliz o homem que põe no Senhor a sua confiança, e que não respeita os orgulhosos nem os que se desviam para a mentira”.

Salmos 40:4

“A pesquisa científica é uma atividade humana como outra qualquer, sujeita a vaidades, fraudes, disputas, etc. A ciência passa uma imagem de neutralidade e objetividade que é falsa”.

Peter Schulz, físico formado pela UNICAMP

“O Senhor olhou desde os céus para os filhos dos homens, para ver se havia algum que tivesse entendimento e buscasse a Deus. Desviaram-se todos e juntamente se fizeram imundos: não há quem faça o bem [de si mesmo], não há sequer um”.

Salmos 14:2,3

“Quando Lutero desencadeou a Reforma, mudou o eixo de autoridade em matéria de religião: tirou-a do Magistério da Igreja e passou-a para a Escritura. Desde Lutero esta é a postura protestante evangélica: a Bíblia é normativa. O movimento pentecostal deslocou novamente o eixo da autoridade: tirou-o da Escritura e colocou-o no indivíduo. Uma situação pior que a pré-Reforma. No catolicismo, a autoridade é também objetiva, como entre protestantes evangélicos. No pentecostalismo, é subjetiva: "o Senhor me falou", "o Senhor me revelou", "Deus me disse", etc. Parte do caos doutrinário hoje se deve ao abandono da Bíblia como fonte de doutrina e de edificação, que passou a ser a experiência. Usa-se a Bíblia para referendar as doutrinas produzidas pela experiência pessoal”.

Isaltino Gomes, é escritor bacharel em teologia e filosofia

“Maldito o homem que confia no homem, que se socorre na capacidade humana, e aparta o seu coração do Senhor!”

Jeremias 17:5

"E não havia espaço para Jesus na estalagem. Ele ficou um pouco mais velho e não havia espaço para Ele em sua família, por isso não creram nEle. Ele foi ao templo e o templo ficou contra ele. E quando Ele morreu não havia espaço para enterrá-lo e Ele morreu fora da cidade. Pois bem por que, em nome de Deus, você espera ser aceito em toda parte? Como é que o mundo não pôde suportar o Homem mais santo que já viveu e pode suportar a você e a mim? Será que nossa fé está comprometida? Será que estamos comprometidos? Será que não temos estatura espiritual? Por que será que nossa retidão não incomoda a corrupção do mundo, como aconteceu com Cristo?“

Leonard Ravenhil(1907- 1994) evangelista e autor cristão

“ Timóteo tenha horror aos clamores vãos da falsamente chamada ciência, a qual, professando-a alguns, se desviaram da fé”.

I Timóteo 6:20,21

“Testemunhar é colocar Jesus em destaque e não o nosso estilo ou nossas preferências”

Rubinho, no livro “Guia de Sobrevivência do Cristão”.

“Porque chegará uma época [na igreja] quando as pessoas não ouvirão a verdade, mas andarão de um lado para outro procurando mestres que lhes digam apenas aquilo que desejam ouvir. Não ouvirão aquilo que a Bíblia diz, mas seguirão alegremente suas próprias idéias desorientadas”.

II Timóteo 4:3,4

“Quando Deus fala, permanecer apático é uma prova de ateísmo prático”.

Joyce Baldwin foi autor do comentário do Antigo Testamento série Tyndale. Faleceu em 1996.

“Se alguém ensina alguma coisa que não se encaixa com as palavras de nosso Senhor Jesus Cristo, é orgulhoso, e nada sabe, mas delira acerca de questões e se confunde com as palavras. Essa confusão é causada por homens corruptos de entendimento, e privados da verdade, imaginando que a fé seja um meio de se obter lucro; aparta-te dos tais”.

I Timóteo 6:3,4,5

“Alimentar os pobres é uma preocupação válida e necessária e somos abençoados quando ajudamos os que precisam. Mas o problema com o assim chamado “Evangelho Social”, em oposição ao Evangelho que salva, é que o primeiro preocupa-se com aquilo que é temporário. O Evangelho que salva enfatiza aquilo que é eterno. Algumas pessoas só estão interessadas em melhorar este mundo, sem se preocupar com a possibilidade da perdição eterna. Nossa meta principal é que os perdidos sejam salvos. Eles precisam mais do que alimento e sabão. Eles precisam de salvação”.

Adrian Rogers em, Creia em Milagres, mas Confie em Jesus/ Revista Eclésia

“Não procuramos enganar as pessoas para que creiam, não estamos interessados em fazer trapaça com ninguém. Nunca procuramos fazer com que alguém creia que a Bíblia ensina o que ela não ensina. Nós nos abstemos de todos esses métodos vergonhosos”.

II Coríntios 4:2

“Se um homem tratar de pôr a fé de Cristo junto com a opinião humana, ou trata de provar que os seus ensinos estão em harmonia com a filosofia em voga, ao procurar defender a Cristo na realidade ele o está rejeitando”.

A. W. Tozer (1897-1963), pastor e escritor americano.

“Disse Jesus: Eu vim para o mundo para dar vista àqueles que são cegos , e para certificar, àqueles que pensam que vêem, que eles são cegos".

João 9:39

“O inferno é a eterna prisão dos loucos, da alma religiosa iludida, que teve a alucinação de que poderia chegar ao céu por moralidade, boas obras, membresia de igreja, batismo, santa ceia, louvores, orações, dízimos e ofertas, qualquer caminho, mas que rejeitaram a Cristo com certeza, por um simples fato: 'Eu sou o caminho, a verdade, e a vida: ninguém vem ao Pai, senão por mim"(João 14:6)”.

Fred Barlow(1921-1983) evangelista batista americano.

“Porque a imaginação do coração do homem é má desde a sua meninice”.

Genesis 8:21

"O sucesso de um falsificador de moedas depende quão parecida à moeda falsa se torna com a genuína. A heresia não é uma negação completa da verdade, e sim uma diluição da verdade".

A.W. Pink (1886 - 1952), evangelista inglês.

"Hoje temos o espantoso espetáculo de milhões a ser derramado na tarefa de proporcionar irreligioso entretenimento terreno aos chamados filhos do céu. Entretenimento religioso é, em muitos lugares rápido meio de se esvaziar as sérias coisas de Deus. Muitas igrejas nestes dias tornaram-se pouco mais do que pobres teatros de quinta categoria onde se "produz" e mercadeja falsos “espetáculos” com a plena aprovação dos líderes evangélicos, que podem até mesmo citar um texto sagrado em defesa de suas delinqüências. E dificilmente um homem se atreve a levantar a voz contra isso. "

A.W. Tozer no livro,”A Raiz dos Justos”.

“Disse Jesus: A aprovação ou não de vocês na vale nada para Mim”.

João 5:41

“O Liberalismo se define como a forma ao mesmo tempo racional e intuitiva de interpretar a vida em que prevalece a vontade da maioria, e que está livre de qualquer fundamento filosófico ou religioso capaz de limitar ou impedir a liberdade individual e a igualdade de direitos. Partindo de sua definição, compreendemos que o Liberalismo Teológico Cristão defendido pelas igrejas de vanguarda e emergentes constitui-se uma fraude religiosa por se colocar na contra-mão do raciocínio bíblico”.

“Deus despreza as orações de quem não o obedece”
Provérbios 28.9

“Você sabia que 80 á 90% das pessoas que “aceitam a Cristo” em trabalhos evangelísticos se “desviam” depois? O motivo de tudo isso tem sido esse evangelho centrado no homem que é pregado nos púlpitos, nas TVs e nas casas, onde o bem-estar e a prosperidade tem se tornado “mais valiosos” que o próprio sangue de Cristo. A graça já não basta mais (apesar dos louvores e acharmos Cristo tão meigo). O que nós realmente queremos é “o segredo” para sermos bem-sucedidos. Desejamos “uma vida com propósitos” para taparmos com peneira o vazio que sentimos. O Vazio de um espírito morto que somente Deus pode ressuscitar. Ansiamos por “o melhor da nossa vida hoje” no lugar de tomarmos a nossa cruz e de negarmos a nós mesmos. Queremos conhecer “as leis da prosperidade” mais do que o Espírito de Santidade; e, para nos justificarmos, tentamos ser pessoas auto-motivadas e de alta performance, antes de sermos cristãos cuja alegria está em primeiro lugar Nele; e santos bem aceitos pelo mundo a despeito das Palavras de Jesus contrariar esse posicionamento”.

Paul Washer, Diretor da Sociedade Missionária HeartCry

“O que confia no seu próprio coração é um insensato”.

Provérbios 28:26

“A nova espiritualidade emergente não fala sobre o custo de ser um verdadeiro crente. Ela fala sobre a unidade a todo custo, mas não a verdade a todo custo”

Lighthouse Trails

“Os modernos “Líderes Evangélicos” procuram encher suas igrejas de analfabetos bíblicos, convencendo-os que eles irão para o céu, simplesmente porque levantaram a mão, como sinal de aceitação de Jesus como Salvador, e que Ele vai lhes dar o sucesso familiar, social e financeiro, se forem dizimistas fiéis; [o que se constitui uma propaganda enganosa]”.

Mary Schultze

“A teoria científica será sempre conjectural e provisória. Não é possível confirmar a veracidade de uma teoria pela simples constatação de que os resultados de uma previsão efectuada com base naquela teoria se verificaram. Essa teoria deverá gozar apenas do estatuto de uma teoria não (ou ainda não) contrariada pelos fatos”.

Karl Popper (1902 — 1994) filósofo da ciência considerado por muitos como o filósofo mais influente do século XX a tematizar a ciência.

“O desejo dos cristãos modernos é deletar o pecado mas não de suas vidas, e sim da teologia cristã”.

“Deixem de enganar-se a si mesmos. Se você pensa que tem sabedoria, conforme avaliação pelos padrões deste mundo, faria melhor se pusesse tudo de lado e se tornasse um tolo. A sabedoria deste mundo é loucura para Deus”.
I Coríntios 3:18,19

"A Bíblia ensina a nos contentarmos com o que temos, mas nunca com o que somos".

Dr. John Blanchard é pregador, professor e escritor cristão.

“Os crentes modernos não acreditam na infabilidade da Bíblia porque ela se contradiz, mas sim porque ela os contradiz”.

“O Problema conosco hoje é que procuramos construir uma ponte sobre o abismo que há entre duas coisas opostas, o mundo e a igreja, realizando assim um casamento ilícito para o qual não há autorização bíblica”.

A. W. Tozer (1897-1963) Pastor americano

"A verdadeira satisfação vem de Deus e é gratuita, no entanto muita gente está disposta a pagar um alto preço pela sua falsificação!"

"Aquilo que governa o coração, forma a arte"

Wolfgang H. M. Stefani, citado no livro, "O Cristão e a Música Rock".

"O pecado é morte com aparência de vida".

Autor desconhecido

“A história é a Ciência da infelicidade dos homens”

Anônimo

"Não é o que você deseja fazer, mas o que você faz para Deus que transforma a sua vida."

Henrietta C. Mears, autora de Estudo panorâmico da Bíblia

“A primeira geração de cristãos pós-modernos já está aí. São crentes que pouco ou nada sabem da Palavra de Deus e demonstram pouco ou nenhum interesse em conhecê-la. Cultivam uma espiritualidade verticalista, com nenhuma consciência missionária. Consideram tudo muito “normal” e não vêem nenhuma relevância na cruz de Cristo. Acham que a radicalidade da fé bíblica é uma forma de fanatismo religioso e não demonstram nenhuma preocupação em lutar pelo que crêem”

Ricardo Barbosa de Souza no livro, “A Pós Modernidade e a Singularidade de Cristo”.

“Temos vivido uma nova forma de fundamentalismo[cego], a da “Democracia Liberal”, que impede que expressemos nossos valores cristãos e nossa crença numa Verdade Absoluta, pois assim ferimos aqueles que não concordam com eles”.

James Houston, erudito escritor e professor cristão.

“E viu o Senhor que a maldade do homem se multiplicara sobre a terra e que toda a imaginação dos pensamentos de seu coração era só má continuamente”. Genesis 6:5

“Os líderes da “Igreja Emergente” não aceitam a divina inspiração da Bíblia nem sua inerrância. È simples, se não posso confiar em algo nela por não corresponder a realidade, quem vai dizer em que parte posso confiar ? Pela lógica todo o resto se torna inútil”.

"A ciência é notoriamente conhecida por ser muito científica na sua destruição do conhecimento científico que produziu anteriormente”.
Charles Spurgeon

“Jesus está sendo criminosamente vendido no mundo, a grosso e a retalho, por todos os preços, em todos os padrões amoedados. E os novos negociadores de Cristo não se enforcam depois de vendê-lO.”

Humberto de Campos ( 1886 — 1934) foi um jornalista, político e escritor brasileiro.

"A falha do evangelismo atual reside na sua abordagem humanista. Trata-se de um esforço para ser supernatural, mas nunca se é o bastante. Esse evangelho é francamente fascinado com o grande, barulhento, e agressivo mundo com seus grandes nomes, o seu culto as celebridades, a sua riqueza e sua pompa berrante. Para os milhões de pessoas que estão sempre, ano após ano, desejando a glória mundana, mas nunca conseguiram atingi-la, o moderno evangelho oferece rápido e fácil atalho para o desejo de seus corações. Paz de espírito, felicidade, prosperidade, aceitação social, publicidade, sucesso nos negócios, tudo isso na terra e finalmente, o céu. Certamente nenhuma companhia de seguros pode oferecer algo parecido com isso”.
A. W. Tozer

“Os pensadores “cristãos” da atualidade confundem cultura secular com erudição bíblica, como se Deus preferisse os eruditos para a pregação do Evangelho do Seu Filho, em vez de escolher as pessoas mais simples e despretensiosas, conforme lemos em 1° Coríntios 3:18-20”

Dr. Ronald Cooke erudito escritor cristão

“Antes que possa haver uma vida cristã próspera, nobre, resistente ao mundo, firme na tentação, inabalável nas provações, cheia de bons frutos, deve haver uma estreita união com Deus em secreto”.
Paul E. Billheimer

"Uma pessoa pode ir a igreja duas vezes por dia, participar da ceia do Senhor, orar em particular o maximo que puder, assistir a todos os cultos e ouvir muitos sermões, ler todos os livros que existem sobre Cristo. Mas ainda assim tem que nascer de novo".

Jonh Wesley (1703 – 1791) pastor e teólogo inglês fundador da igreja metodista.

“A maioria das pessoas preocupam-se com passagens da Bíblia que não entendem, mas as passagens que me preocupam são justamente as que eu entendo”.

Mark Twain (1835-1910) foi um escritor, humorista e romancista norte americano. Twain foi a celebridade mais conhecida de sua época.

"Esta nova era da pós-verdade tem sido abraçada por todos que dão boas vindas à falência do Cristianismo tradicional. Seus “modelos de mudança” têm abandonado as “fronteiras formais” da verdade divina para explorar a visionária direção do homem, tentando unir Deus à estrada larga".

Tamara Hertzel em seu livro, “In the Name of Purpose: “Sacrificing Truth on The Altar of Unity”,

"Jamais coloque um ponto de interrogação na frase em que Deus colocou um ponto final".

Provérbio evangélico americano

“Fé é o poder de colocar o eu de lado para que Deus possa atuar sem impedimentos”.

F.B. Meyer (1847 – 1929) pastor, autor, professor e evangelista inglês.

"Há muitos vagabundos religiosos no mundo que não querem estar amarrados a coisa alguma. Eles transformaram a graça de Deus em libertinagem pessoal e muitas vezes coletiva".

Adaptação da fala de A. W. Tozer

"Quando um homem fica rodeado de hereges, ele perde a capacidade de discernir entre o que é falso e o que é verdadeiro e o seu ministério se transforma em ministério de confusão... "

Dr. Ronald Cooke é um erudito escritor cristão

"Quando a tolerância é valorizada acima da verdade, a verdade sempre sai no prejuízo".

John MacArthur Jr, é um pastor e escritor evangélico americano.

"Disse Jesus: O mundo amaria a vocês, se fossem dele; como não são, pois eu escolhi vocês para saírem do mundo; por isso é que são odiados pelo mundo". João 15:19

"Nunca ouça um homem que não ouve a Deus".

A. W. Tozer (1897-1963), pastor americano

"Se amarem suas vidas aqui embaixo, vocês perderão a vida real. Se desprezarem suas vidas aqui embaixo, vocês trocarão esta vida pela glória eterna".

João 12:25

"A verdadeira Igreja prega REGENERAÇÃO da alma; não reforma, não educação, não a legislação, mas regeneração".
MR DeHaan, (1891-1965) foi um professor da Bíblia, pastor, escritor e médico americano.

"Eu sei com certeza que depois que eu for, falsos mestres, como lobos ferozes, aparecerão no meio da igreja e não terão pena do rebanho". Alguns de vocês mesmos torcerão a verdade para conseguir seguidores".

Atos 20:29,30

Quanto mais desviado se torna um pastor, mais ele se volta para o evangelho de entretenimento e "novas obras" para trazer as multidões. E confia em números e nas finanças para julgar o próprio sucesso. Mas inexiste um testemunho acompanhando essas obras, porque elas são de um outro evangelho, um outro Jesus!

David Wilkerson, pastor americano criador das casas de recuperação

“Deus, em sua sabedoria, providenciou para que o mundo nunca o encontrasse através da inteligência humana. E então, Ele se manifestou e salvou todos quantos creram em sua mensagem, essa mesma que o mundo considera absurda e ridícula”.

I Coríntios 1:21

“Eu costumava pensar que as dádivas de Deus estavam em prateleiras uma acima da outra, e que, quanto mais alto crescíamos em nosso caráter cristão, mais fácil podíamos alcançá-las. Eu agora penso diferente. Creio que as dádivas estão em prateleiras, uma debaixo da outra. Não se trata de subir o mais alto, e sim, de descer o mais baixo. Quanto mais nos humilhamos diante do Senhor, melhores dádivas receberemos."

F.B. Meyer (1847 – 1929) pastor, autor, professor e evangelista inglês.

"Considero cristão de fato aquele que não se envergonha do evangelho nem é uma vergonha para ele".

Matthew Henry (1662 – 1714), pastor presbiteriano, autor de famoso comentário bíblico.

“Muitas pessoas tem considerado a fé cristã como algo fácil. Elas pensam assim porque nunca a experimentaram”.

Martinho Lutero

A verdade [bíblica] faz-nos temer somente ao nosso Deus, deixando de temer as críticas dos homens e fazendo-nos perder qualquer interesse nos seus aplausos.

Dave Hunt, escritor e pesquisador cristão.

“O amor separado da verdade não é nada mais que sentimentalismo hipócrita. Esse sentimento está se proliferando entre os evangélicos de hoje”.

John MacArthur, escritor e ministro da igreja Grace Community Church em Sun Valley, Califórnia.

“O erro gera o erro, a heresia gera a heresia, e sempre em nome da verdade, sempre em nome do evangelho”.
Walter Martin, fundador do Christian Research Institute

A maioria dos crentes não acredita que a Bíblia diz o que está escrito: acreditam que ela diz o que eles querem ouvir.

“Nós somos pagãos por natureza. Ou nossa religião nos transforma, ou iremos transformar nossa religião para corresponder às nossas simpatias”.

Michael Scott Horton é professor de Teologia e Apologética no Seminário de Westminster Califórnia.

Os tesouros no céu são recebidos somente na proporção em que são renunciados os tesouros da terra.
Anônimo

Assim como a desesperança do pecador de receber qualquer ajuda de si mesmo é o
primeiro requisito para uma conversão real, também a perda de toda confiança em si mesmo é o principal fator para o crescimento do crente na graça.
A. W. Pink (1886 - 1952) foi um pastor e evangelista inglês, profundo estudioso da Bíblia.

Argumentar com base na misericórdia para justificar o pecado pessoal é a lógica do diabo.

James Janeway (1636 - 1674) ministro e autor puritano que viveu após John Bunyan.

"Fé é quando Deus diz algo e eu digo o mesmo".

F. B. Meyer (1847 – 1929) pastor, autor, professor e evangelista inglês.

"A bíblia é uma janela na prisão deste mundo, através da qual podemos olhar para a eternidade.
Timothy Dwight (1752 - 1817) autor, pregador e teólogo, reitor da universidade Yale.

“Disse Jesus: Não me admiro que vocês não possam acreditar [no que Eu falo]! Porque vocês alegremente se aprovam uns aos outros, mas não se importam com a aprovação que vem do único Deus!” João 5:44

"Para a maioria dos crentes Deus é uma possibilidade, não uma realidade."

" Fé real invariavelmente produz santidade de coração e retidão de vida, fé falsa não se preocupa com isso”.

“Ninguém mergulha tão profundamente no inferno como aqueles que chegaram mais perto do céu, visto que caem de maiores alturas”.

William Gurnall (1617 - 1679), magnífico autor cristão Inglês

“Para alguns de nós, a maior habilidade parece ser a de afastar-se do Bom Pastor”.

Geoffrey King, teólogo inglês do século 16 um dos revisores da bíblia King James

"O homem precisa ser salvo de sua sabedoria própria, bem como de sua justiça própria porque o resultado do ajuntamento das duas, é uma e a mesma corrupção.”

William Law (1686-1761) pregador inglês.

“Disse-lhes Jesus: Porque o que entre os homens é nobre, para Deus é um absurdo”. Lucas 16:15

“Preparem-se para se tornarem cada vez mais fracos; preparem-se para mergulhar a níveis cada vez mais baixos de auto-estima;preparem-se para a auto-aniquilação e orem para que Deus apresse este processo”.

C. H. Spurgeon (1834-1892) Pastor Inglês, chamado de o príncipe dos pregadores.

“O mundo exige de nossa parte uma conformidade que afirme seus valores, não os valores de Deus. O mundo quer aprovação, não verdades.”

"Disse Jesus: Nem todos os que falam como gente de fé são realmente assim. Tais pessoas podem referir-se a Mim como Senhor, porém apesar disso não entrarão no céu. Porque a questão decisiva é se elas obedecem ao meu Pai do céu ou não". Mateus 7:21

“Ao concentrar-se em mim mesmo só vejo a minha condição de nudez e miséria.
Ao concentrar-se em Deus vejo somente conforto e segurança!”
C.H. Mackintosh (1820- 1896) pregador irlandês

"“A igreja que é dirigida por homens em vez de ser comandada por Deus está condenada ao fracasso espiritual embora se expanda nesse mundo. O ministério que se fundamenta em ensinos de seminários e não está cheio do Espírito Santo, não opera milagres verdadeiros, só falsos.”

Adaptado de Samuel Chadwick (1840 – 1932) pastor metodista

"A cruz de Cristo me constrange a tornar-me um santo."

“Amar Jesus encontra sua expressão mais compreensiva na obediência aos mandamentos de Jesus. Uma cristandade satisfeita com menos pode ser conveniente, mas é barato demais para ser verdadeiro.”

“O homem verdadeiramente sábio é aquele que sempre crê na Bíblia contra a opinião de qualquer outro homem. “

R. A. Torrey (1856-1928) evangelista, pastor, educador e escritor norte-americano.

"Quando o “eu” não é negado, ele é necessariamente adorado."

Se o seu cristianismo é confortável, está comprometido.
John Blanchard (1932) missionário e autor cristão.

Se não tornarmos clara nossa posição, com palavras e obras em favor da verdade e contra as falsas doutrinas, estaremos edificando um muro entre a próxima geração e o evangelho.

Francis Schaeffer (1912 - 1984) teólogo, filósofo e pastor presbiteriano.

"Contornar a Palavra de Deus e chamar os nossos desejos de direção divina, isso leva apenas a multiplicação do pecado."

Rev. Rousas John Rushdoony (1916 – 2001) Filósofo, historiador e teólogo presbiteriano.

"A igreja de Cristo é uma instituição divina, mas temos o poder de reduzi-la a algo terreno, fazer dela uma organização humana."

T. Austin Sparks ( 1910-1971) Pastor escocês.

“A Igreja costumava ser um barco resgatando os que perecem. Agora, ela é um cruzeiro recrutando pessoas promissoras.”

Leonard Ravenhil (1907- 1994) evangelista e autor cristão

"Um espírito demoníaco que induz a atividade religiosa favorita, está fazendo as pessoas sentirem-se espirituais e isso ocorre pela incompreensão da Palavra de Deus."

Max D. Younce pastor da Igreja Bíblica do Património em Ohio, E.U.A

"Muitos crentes querem servir a Deus... Mas apenas como Seus conselheiros."

Provérbio evangélico americano

"Cada dúvida no coração de um cristão é uma afronta á Palavra de Deus e ao sacrifício de Cristo."

A "quase verdade" é muito mais perigosa que a própria mentira.
Fred Barlow(1921–1983)pregador e autor batista

Se você crê somente no que gosta no evangelho e rejeita o que não gosta, não é no evangelho que você crê, mas sim, em você mesmo.
Agostinho (354 – 430).

“Nós como igreja, achamo-nos tão impregnados de uma filosofia anticristã, isto é, da idéia de que nosso alvo na vida consiste em obter uma infinidade de bens materiais, de ter status e gozar os prazeres do sexo, e não de viver os preceitos do Sermão do Monte, que o cristianismo praticado hoje, na verdade não passa de uma apostasia, pois se curvou diante do espírito desta época”.
Carl F. Henry (1913 - 2003) teólogo e intelectual cristão, o primeiro editor-chefe da revista "Christianity Today”.

Os homens estão mortos para Deus por estarem vivendo para o ego. Amor próprio, auto-estima, auto-satisfação são a essência e a vida do orgulho; e o Diabo, o pai do orgulho, nunca está ausente de tais paixões, nem deixa de ter influência nelas. Sem a morte para o ego não há escape do poder de Satanás sobre nós...
William Law, ( 1686-1761) pregador inglês.

" Você nunca saberá que Deus é tudo o que você precisa até que Ele seja tudo o que você tiver."

"No início a igreja era um grupo de homens centrados no Cristo vivo. Então, a igreja chegou à Grécia e tornou-se uma filosofia. Depois, chegou à Roma e tornou-se uma instituição. Em seguida à Europa e tornou-se uma cultura. E finalmente chegou à América e tornou-se um negócio."
Richard C. Halverson (1916-1995) pastor americano.

Deus cria a partir do nada. Portanto, enquanto o homem não se esvaziar e se reduzir a nada, Deus não poderá fazer nada com ele.
Martinho Lutero (1483 – 1546) teólogo

Muito do conhecimento de um homem pode ser uma tocha que ilumina seu caminho para o inferno.
Thomas Watson (1620-1686) pregador inglês

Há grande diferença entre negar coisas a si mesmo e negar-se a si mesmo.
Adrian Rogers, pastor americano (1931 – 2005)

Estamos vendo surgir uma “nova” igreja com um novo “credo” e um falso cristo."

“Ai de vocês que transformam a casa de Deus em comércio. Vendem seus CDs, vendem seus falsos milagres, vendem suas falsas unções, vendem falsas promessas de prosperidade, enquanto na verdade só vocês têm prosperado. Como escaparão do juízo que há de vir?”

Paul Washer é Diretor da Sociedade Missionária HeartCry

"Quando há algo na Bíblia que as igrejas não gostam, elas o chamam de ‘legalismo’. Se Jesus tivesse pregado a mesma mensagem que os ministros de hoje pregam, Ele nunca teria sido crucificado."

Leonard Ravenhil, (1907-1994) foi um evangelista e autor cristão

Não deixe de ler esse livro! Para comprar click na imagem.

Organizações Missionárias

Blogs que sigo

%d blogueiros gostam disto: